Cinco comunidades de Florianópolis realizam festas do Divino neste final de semana

Atualizado

Começa neste final de semana, em Florianópolis, o ciclo de festas do Divino Espírito Santo. As celebrações e festas acontecem nas comunidades do Centro, Prainha, Trindade, Monte Verde e Ribeirão da Ilha.

Festa do Divino agora é Patrimônio Imaterial e Intangível – Eduardo Valente/Arquivo/ND

São diversas programações em cada paróquia, com missas e celebrações seguidas de homenagens e das tradicionais barraquinhas de doces, pinhão, pastel, quentão, pescarias e brindes, além de bingos para angariar fundos para cada igreja.

Há grande variedade de comidas e bebidas, mas o ponto alto da festa é a devoção dos fieis ao Espírito Santo. “O objetivo é congregar as famílias que vêm partilhar as alegrias e a devoção ao Espírito Santo”, afirma o coordenador da festa e voluntário da IDES (Irmandade do Divino Espírito Santo), Renato Marques.

Movimentação nas barracas da Festa do Divino, na noite desta sexta, na Praça dos Bombeiros, Centro da Capital – Anderson Coelho/ND

O coordenador afirma que a festa é resultado do trabalho de mais de 230 voluntários. “Juntamente com o provedor e o casal festeiro, os voluntários dedicam seu tempo para o preparo de alimentos, o trabalho nos caixas e demais atividades em prol dos projetos da igreja”, diz.

Ações sociais

Apenas na Irmandade, os projetos sociais atendem cerca de 800 crianças, de zero a 18 anos, em quatro ações. Elas envolvem o abrigo de crianças encaminhadas ao Conselho Tutelar, um jardim de infância que atende em período integral, o projeto Promenor de contraturno escolar no bairro Agronômica e o Jovem Aprendiz.

“Para atender esse contingente, oferecemos 42 mil refeições por mês e contamos com 150 colaboradores voluntários. A Irmandade tem história, mas também mantêm projetos sociais, por isso toda a arrecadação dos festejos é direcionada para esses trabalhos”, explica Marques.

A Irmandade existe desde 1774 e a coroa, utilizada nos cortejos, foi trazida pelos açorianos em 1776, quando a tradição começou no Centro da cidade.

Festa do Divino no Centro da Capital – Anderson Coelho/ND

Neste ano, o casal festeiro da IDES é formado pelo professor e pesquisador Nereu do Vale Pereira e sua esposa Irany Silva do Vale Pereira. Eles já foram festeiros da Festa do Divino do Ribeirão da Ilha e agora participam da Festa na Irmandade. “É uma honra para nós termos o professor Nereu como festeiro, já que ele sempre foi um grande estudioso da cultura açoriana na Ilha”, diz Marques.

O provedor da festa é Paulo Teixeira do Vale Pereira, sobrinho de Nereu. Entre as atrações deste ano está a divulgação de recadinhos pela webradio criada para o evento. Os participantes entram em um grupo de whatsapp e mandam as mensagens para o radialista, que as lê durante a festa, resgatando um costume antigo. O evento acontece na praça Getúlio Vargas (Praça dos Bombeiros), ao lado da Capela do Divino Espírito Santo.

Patrimônio imaterial

A Festa do Divino é uma manifestação religiosa considerada patrimônio cultural imaterial do Brasil, popular no litoral catarinense. A celebração faz parte da vida das comunidades que realizam as festas, tendo grande influência do povoamento açoriano e madeirense.

Festa do Divino agora é Patrimônio Imaterial e Intangível – Eduardo Valente/Arquivo/ND

Os festejos são realizados em 14 comunidades de Florianópolis, misturando elementos religiosos, seculares e folclóricos. Eles também ocorrem em municípios vizinhos como São José, Palhoça, Governador Celso Ramos e Santo Amaro da Imperatriz.

O evento é uma realização da Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude e da Fundação Cultural Franklin Cascaes.

Confira a programação deste fim de semana:

CENTRO

08/06 – Sábado
11h – Abertura das barracas
15h – Thiago José – Pop/Rock/MPB
16h30 – Grupo Folclórico “Alivanta Meu Boi”
18h45 – Cortejo Imperial com procissão luminosa
19h – Terceira Missa do Tríduo Preparatório – Capela do Divino Espírito Santo
20h30 – Grupo Portal do Choro
21h45 – Gisele Vianna e Convidados da IDES

09/06 – Domingo
10h15 – Cortejo Imperial da Irmandade do Divino Espírito Santo
10h30 – Missa de Pentecostes e cerimônia de coroação do Imperador – Capela do Divino Espírito Santo
11h – Abertura das barracas
13h às 15h – Apresentação de James Jill e Grupo Folclórico “Alivanta Meu Boi”
16h – Coro Vozes do Divino
17h – Marquinhos Musical

PRAINHA

08/06 – Sábado
18h – Cortejo Imperial com saída da Capela São Judas Tadeu
18h30 – Celebração religiosa com padre Nelson Francisco Mariano
19h – Apresentação cultural e musical
20h30 – bingo

09/06 – Domingo
10h – Cortejo Imperial com saída da Capela São Judas Tadeu
10h30 – Missa na Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus
12h – almoço festivo (R$ 20)

TRINDADE

08/06 – Sábado
18h – Missa, Cortejo Imperial
Praça de Alimentação: Boi Mané e canja

09/06 – Domingo
8h e 10h – Missa na Matriz
11h – Abertura da Feira de Artesanato
12h – Almoço Festivo
18h – Missa de Pentecostes, Cortejo Imperial
Praça de Alimentação: Canja, pinhão, quentão, cachorro-quente e pastel.
* Não haverá missa às 20h

MONTE VERDE

08/06 – Sábado
18h30 – Cortejo Imperial, saída em frente a ACIC, no Saco Grande
19h30 – Missa na Igreja Matriz e festejos no Salão Paroquial, com show musical

09/06 – Domingo
9h – Cortejo Imperial, saída em frente a ACIC, no Saco Grande
10h – Santa missa na Igreja Matriz e logo após almoço festivo, apresentação do grupo folclórico, bingo e sorteio da rifa

RIBEIRÃO DA ILHA

08/06 – Sábado
17h30 – Cortejo Imperial e apresentação da Banda da Lapa
19h30 – Missa na igreja matriz Nossa Senhora da Lapa
22h – Atração musical e gastronomia

09/06 – Domingo
8h – Cortejo Imperial e apresentação da Banda da Lapa
10h – Missa na matriz
12h – Almoço festivo e Banda da Lapa
14h30 – Apresentação do boi de mamão
16h30 – Sorteio do casal imperial 2020

Mais conteúdo sobre

Geral