Cinco turistas passam mais de 12 horas perdidos em trilha de Florianópolis

Cinco turistas passaram mais de 12 horas perdidos na trilha da Lagoinha do Leste, em Florianópolis, durante a noite desta sexta-feira (3) e madrugada de sábado (4). A trilha fica entre o bairro Pântano do Sul e a praia da Lagoinha do Leste , no sul da Ilha de Santa Catarina.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os turistas acionaram a Polícia Militar por volta das 21h. Eles fizeram uma ligação de emergência com um celular. Como a região é isolada, não há sinal de rede telefônica. A PM, então, repassou a ocorrência ao Corpo de Bombeiros.

Equipes do B- Foto: BOA/Divulgação/ND

Leia também:

Os cinco turistas estavam em dois grupos, um com três italianos e outro com uma dupla de brasileiros. Apesar de não se conhecerem, os dois grupos ficaram unidos durante todo tempo em que estiveram perdidos.

Esta é uma das trilhas mais extensas e selvagens da região. Para percorrer os quase 4,5 quilômetros de trajeto, trilheiros costumam levar em torno de duas horas e meia.

Os bombeiros realizaram buscas durante toda a noite de sexta e madrugada de sábado. Por volta das 4h da manhã, após seis horas de procura e oito quilômetros percorridos, os bombeiros conseguiram ouvir as vozes dos turistas.

Entretanto, como havia muita chuva e a região era de vegetação alta, os bombeiros não conseguiram chegar até onde estava o grupo de trilheiros.

Somente duas horas e meia depois, o BOA (Batalhão de Operações Aéreas) e o Arcanjo começaram a realizar buscar aéreas no local, após serem acionados pelos bombeiros. Após 40 minutos, eles avistaram um dos integrantes do grupo acenando com uma jaqueta azul amarrada na ponta de um galho.

Para resgatar os turistas, os bombeiros desceram de rapel e içaram os turistas perdidos com um triângulo de resgate, visto que eles estavam numa área de difícil acesso.

A estratégia foi utilizada também porque os turistas já estavam esgotados após 12 horas sem comida, água, roupas adequadas e equipamentos para acampamento.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os turistas passaram por avaliação médica, foram alimentados e então liberados. Eles apresentavam sinais de cansaço e fadiga, ainda, escoriações leves.

Grupo resgatado após 12 horas perdido na Lagoinha do Leste – Foto: Divulgação/ND

Geral