Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Com menos argentinos pela segunda temporada, Florianópolis conta com turismo interno

Praia de Canasvieiras, no Norte da Ilha, em foto de janeiro de 2019 – Marco Santiago/NDPraia de Canasvieiras, no Norte da Ilha, em foto de janeiro de 2019 – Marco Santiago/ND

Com a inevitável queda do número de visitantes argentinos pela segunda temporada consecutiva – causada pela taxação criada pelo novo governo sobre viagens ao exterior –, a Capital catarinense projeta algumas tendências que podem equilibrar um pouco a balança.

Além de contar com outros países sulamericanos, especialmente Chile, Paraguai e Uruguai, a expectativa é de incremento do turismo interno. Poder público e empresários já contam, por exemplo, com os paulistas, que representam 95% dos brasileiros que vêm a Florianópolis no verão.

Segundo o superintendente de Turismo da Prefeitura de Florianópolis, Vinícius de Lucca, a novidade da temporada 2019/2020 pode ser o sotaque mineiro. Operado pela Azul, o voo direto que sai de Belo Horizonte vem sendo um dos mais procurados desde o lançamento em novembro, com 90% de ocupação em novembro.

De modo geral, o sentimento é de otimismo. E um dos motivos é a boa ocupação hoteleira no Natal, que registrou crescimento de 7,67% em relação ao mesmo período de 2018.