Comissão de Educação da Câmara quer retirar professores da reforma da Previdência

Integrantes da Comissão de Educação da Câmara querem viabilizar a apresentação de um destaque ao texto da reforma da Previdência para retirar os professores da proposta. A ideia é apresentar posteriormente um projeto de lei para reestruturar toda a carreira.

Integrantes da Comissão de Educação da Câmara querem viabilizar a apresentação de um destaque ao texto da reforma da Previdência para retirar os professores da proposta – Marcelo Camargo/Agência Brasil/ND

De acordo com o deputado professor Israel Pinheiro (PV-DF), o colegiado discutiu inicialmente pleitear uma aposentadoria especial para os docentes, mas como a matéria não passou pela comissão especial, eles avaliaram que seria melhor discutir a questão em um outro momento.

“A aposentadoria especial foi discutida como uma compensação para a baixa atratividade para os professores. Se não mudarmos a carreira, podemos ter um colapso na procura para ser professor”, disse.

Leia também:

Para o deputado, o impacto orçamentário da saída dos professores da reforma “é pequeno”. “Não seria algo impossível do governo aceitar”, disse. Como o seu partido não pode apresentar destaques por ter pouca representatividade na Casa, os integrantes da Comissão de Educação procuraram apoio do MDB e do PP. “Eles já disseram que não aceitariam os professores na reforma, vamos cobrá-los agora”, disse.

Integrantes do colegiado se reunirão ainda nesta noite de terça-feira (9) para fechar uma posição.

Economia