Comissão Europeia descredencia 20 unidades exportadoras de carne do Brasil

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Comissão Europeia informou nesta quinta-feira (19) que decidiu proibir as importações de produtos de carne de 20 estabelecimentos brasileiros que têm autorização para exportar para a União Europeia.

A medida, que afeta principalmente o comércio de produtos de aves, foi tomada em decorrência de deficiências detectadas no sistema de controle oficial do Brasil, segundo a Comissão. 

Ela passa a vigorar 15 dias após sua publicação no diário oficial da União Europeia.

Segundo a ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), a medida atinge 12 fábricas da BRF.

Na quarta (18), o Ministério da Agricultura brasileiro liberou a produção e certificação sanitária de unidades da empresa para retomar as exportações de aves para a União Europeia. As fábricas estavam impedidas de exportar para o bloco europeu desde a deflagração de uma nova fase da operação Carne Fraca, da Polícia Federal, em março deste ano.

Na terça (17), o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, emitiu nota em que informa que o Brasil irá recorrer à OMC (Organização Mundial do Comércio) contra a postura adotada pela União Europeia para descredenciar frigoríficos da BRF como exportadores de carne de aves para países do bloco.

Geral

Comissão Europeia descredencia 20 unidades exportadoras de carne do Brasil

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Comissão Europeia informou nesta quinta-feira (19) que decidiu proibir as importações de produtos de carne de 20 estabelecimentos brasileiros que têm autorização para exportar para a União Europeia.

A medida, que afeta principalmente o comércio de produtos de aves, foi tomada em decorrência de deficiências detectadas no sistema de controle oficial do Brasil, segundo a Comissão.

Ela passa a vigorar 15 dias após sua publicação no diário oficial da União Europeia.

Segundo a ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), a medida atinge 12 fábricas da BRF.

Na quarta (18), o Ministério da Agricultura brasileiro liberou a produção e certificação sanitária de unidades da empresa para retomar as exportações de aves para a União Europeia.

As fábricas estavam impedidas de exportar para o bloco europeu desde a deflagração de uma nova fase da operação Carne Fraca, da Polícia Federal, em março deste ano.

Na terça (17), o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, emitiu nota em que informa que o Brasil irá recorrer à OMC (Organização Mundial do Comércio) contra a postura adotada pela União Europeia para descredenciar frigoríficos da BRF como exportadores de carne de aves para países do bloco.

Mais conteúdo sobre

Jornalismo

Nenhum conteúdo encontrado