Condenado por atropelar ciclistas no Rio Grande do Sul é preso em Florianópolis

Atualizado

Um homem de 56 anos condenado por atropelar ciclistas no Rio Grande do Sul foi preso na manhã desta quarta-feira (13), no bairro Lagoa da Conceição, em Florianópolis.

Os crimes ocorreram em 2011, quando o bancário Ricardo Neis, que dirigia seu veículo no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre (RS), atropelou diversos ciclistas que realizavam uma manifestação após supostamente ter ficado descontente com a passagem bloqueada por eles.

Em 2016, Neis foi condenado por 11 tentativas de homicídio e cinco lesões corporais.

Leia também:

Conforme o delegado Arthur Raldi, Neis chegou a ter prisão preventiva decretada e capturado na época dos crimes. No entanto, ele foi colocado em liberdade provisória pouco mais de um mês após sua prisão.

“Em outubro de 2019, foi expedido o mandado de prisão definitiva por sentença penal condenatória, após decisão do Superior Tribunal de Justiça. A partir daquela data, o alvo fugiu e nunca mais foi visto, motivo pelo qual iniciou-se uma investigação com o objetivo de localizar seu paradeiro e prendê-lo, o que culminou com a ação de hoje”, ressaltou o delegado.

A prisão foi realizada pela Decap (Delegacia de Capturas), do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) do Rio Grande do Sul.

Contraponto

Na manhã desta quinta-feira (14), a reportagem do nd+ entrou em contato com o advogado Daniel Zalewski Cavalcanti, responsável pela defesa de Ricardo Neis. Conforme o advogado, a defesa irá estudar o processo para averiguar quais as medidas mais adequadas a serem tomadas.

Mais conteúdo sobre

Polícia