Confira as principais notícias do país nesta sexta-feira, 14 de dezembro

João, nem tão de Deus assim…

Após as inúmeras denúncias de abuso, a Secretaria de Segurança Pública de Goiás confirmou na tarde desta sexta-feira (14) que o Tribunal de Justiça de Goiás acatou o pedido do Ministério Público de Goiás (MP-GO) e determinou a prisão do médium goiano João Teixeira de Faria, o João de Deus. Ele é alvo de denúncias de abusos sexuais. Como o processo tramita em sergredo de Justiça, o MP-GO não vai se manifestar.

Polícia entra a fundo no caso ‘Marielle Franco’

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e a Polícia Civil cumpriram nesta sexta-feira (14) mandado de busca e apreensão na casa e no gabinete do vereador fluminense Marcello Siciliano (PHS), na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade. A ação é parte das investigações da morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Pedro Andrade, que completa nove meses nesta sexta-feira.

Vereador Marcello Siciliano (à direita) chega na Cidade da Polícia para prestar depoimento - ESTEFAN RADOVICZ/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO
Vereador Marcello Siciliano (à direita) chega na Cidade da Polícia para prestar depoimento – ESTEFAN RADOVICZ/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

O MPRJ apura informação de uma testemunha que Siciliano estaria envolvido no planejamento dos assassinatos ao lado do ex-policial militar Orlando Oliveira de Araújo, o Orlando Curicica.

Sobrou para você?

Uma das redes sociais mais acessadas do mundo, o Facebook, divulgou nesta sexta-feira (14) que um ‘bug’ na rede expôs cerca de 6,8 milhões de fotos não publicadas dos usuários. O erro atingiu pessoas que permitiram o acesso de aplicativos de terceiros à sua mídia na plataforma.

Fotos acabaram vazando no Facebook/Reprodução
Fotos acabaram vazando no Facebook/Reprodução

Preso suspeito de assasinar moradora de Florianópolis no Rio de Janeiro

Foi preso em São Carlos, no interior de São Paulo, na manhã desta sexta-feira (14), o suspeito de assassinar Fabiane Fernandes, de 32 anos, moradora de Florianópolis que estava a passeio no Rio de Janeiro. O crime ocorreu em novembro, em uma trilha no município de Arraial do Cabo, região dos Lagos.

Conforme o delegado-geral da Polícia Civil de Santa Catarina, Marcos Flávio Ghizoni, o homem de 21 anos será transportado para Arraial do Cabo, onde deve chegar nesta tarde e ser ouvido pelo delegado responsável pelo caso.

Decisão sobre Battisti foi técnica, diz ministro Fux

A decisão de mandar prender o italiano Cesare Battisti foi eminentemente técnica, disse nesta sexta-feira (14) o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux. Com isso, assim que Battisti for preso, poderá ser extraditado para a Itália, onde é condenado à prisão perpétua por crimes de terrorismo.

+

Notícias

Loading...