Confira o impacto da greve nas unidades de saúde de Florianópolis nesta segunda-feira

Atualizado

O sexto dia de paralisação dos servidores municipais de Florianópolis, que iniciaram a greve à meia-noite de quarta-feira (12), registrou uma unidade de saúde sem atendimento, conforme o balanço divulgado pela secretaria de Saúde de Florianópolis no final da manhã desta segunda-feira (17). Das 49 unidades de saúde, somente o Centro de Saúde Pântano do Sul, conforme a secretaria, está parado por causa de uma reforma.

As UPAs Sul e Norte estão atendendo casos de urgência – Cristiano Andujar/PMF/Divulgação/ND

Ainda de acordo com o balanço, o Caps (Centro de Atenção Psicossocial) Ponta do Coral está de portas abertas para informações e acolhidas, mas está com as consultas agendadas e os grupos suspensos.

Já os funcionários da farmácia do Caps Ad Continente estão em greve. As UPAs Sul e Norte estão atendendo casos de urgência.

Quanto ao Centro de Saúde Trindade, a secretaria informou que os atendimentos médicos estão restritos porque dois servidores estão com atestados médicos e um outro profissional está de férias.

Leia também:

Saúde