Consenso na eleição da Udesc Joiniville

Quase 3.000 pessoas participam da escolha marcada para a próxima terça-feira, dia 24

Luciano Moraes

Centro de convivência, em construção, vai abrigar o restaurante universitário

Oferecer refeições a “preços justos” aos alunos no futuro centro de convivência – que contará com um restaurante universitário –, construir uma nova biblioteca e criar um acervo digital são algumas das propostas do professor Leandro Zvirtes, candidato ao cargo de diretor-geral da Udesc (Universidade do Estado de Santa Catarina), em Joinville. A eleição ocorre na terça-feira (24), das 9 às 21h, no ginásio de esportes Professor Renato Colagrande, no Campus Universitário Avelino Marcante, na rua Paulo Malschitzki, bairro Bom Retiro. Leandro e outros quatro nomes compõem a chapa única “Fortalecer e crescer”, que só perde a eleição se não alcançar 0,26% dos votos.
No total, 2.993 pessoas poderão votar: 2.251 são acadêmicos da graduação, 138 da pós-graduação, 106 técnicos universitários e 198 professores efetivos. As aulas não serão suspensas e a votação será feita em cédulas de papel, de forma secreta, em cinco urnas manuais – três para o voto dos acadêmicos, uma para os professores e outra para os técnicos. Para ter direito ao voto, o eleitor deve apresentar a carteira de identidade ou a de motorista. Leandro Zvirtes, que atuou como diretor administrativo da Udesc de agosto de 2010 até fevereiro deste ano, está otimista com a continuidade do trabalho.
Contando com o apoio do atual diretor-geral, Dieter Neermann, dos professores e de representantes de centros acadêmicos, o professor projeta a inauguração do centro de convivência para, no máximo, daqui a quatro meses, e analisa qual será o modelo de refeição aplicado na Udesc. “Temos o compromisso de buscar um preço justo no restaurante que terá estrutura para servir 400 refeições ao mesmo tempo e 2.000 a 3.000 refeições por dia de início”, destaca.
No andar superior, Leandro ressalta a construção de salas para os centros acadêmicos e investimento em paisagismo na área próxima ao lago. “Vamos fazer a urbanização dessa área, com a instalação de um deck e a iluminação de todo o campus”, detalha.

Canteiro de obras

No próximo trimestre, Zvirtes também espera ver a pintura da Udesc concluída e a reforma na biblioteca iniciada. “Abrimos um processo de R$ 450.000 para a manutenção predial, para ampliar a vida útil desta biblioteca até finalizarmos os projetos e iniciarmos as obras para a nova, com recursos de R$ 3,5 milhões já previstos no plano plurianual”, acrescenta. A biblioteca virtual deve ser disponibilizada nos próximos meses.
Focado nas áreas de gestão acadêmica, gestão de pessoas, gestão da infraestrutura, da transparência e colaboração, e da universidade e sociedade, Zvirtes sintetiza seu projeto para a Udesc em Joinville. “Queremos fortalecer o ensino, a pesquisa e a extensão. São os professores e os alunos que devem aparecer e não o diretor”, avalia. Depois de concluído o processo eleitoral, Zvirtes e sua equipe assumirão a direção dia 23 de junho deste ano, ficando até 22 de junho de 2016.

Luciano Moraes

Cores azuis serão pintadas em toda a estrutura do campus joinvilense

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Notícias