Contagem regressiva para o quartel do Corpo de Bombeiros no Sul da Ilha, em Florianópolis

Os quase 150 mil moradores do Sul da Ilha de Santa Catarina, em Florianópolis, estão contando nos dedos os dias para a inauguração do quartel do Corpo de Bombeiros que ficará na divisa entre os bairros Rio Tavares e Campeche. A ordem de serviço foi assinada em fevereiro de 2016 e depois de problemas financeiros da antiga empreiteira, a construção ganhou um novo fôlego a partir de janeiro deste ano. Segundo o comandante do 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Helton de Souza Zeferino, a inauguração pode ser antes da atual previsão que é em outubro de 2018.

Atualmente, os moradores do Pântano do Sul, Ribeirão da Ilha, Açores e demais bairros na região são atendidas pelos quartéis do Corpo de Bombeiros do Centro e do bairro Trindade. “Há mais de 10 anos temos essa demanda com a comunidade do Sul da Ilha e estou surpreso com o encaminhamento dos trabalhos e do número de funcionários. Acredito que o prédio estará pronto antes do previsto”, afirmou o comandante do 1º Batalhão.

Depois de meses parada e de sofrer com a ação de vândalos, os trabalhos na obra foram retomados no último dia 8 de janeiro. A construção tem um valor de R$ 658.884,08, com recursos do Funrebom (Fundo de Reaparelhamento do Corpo de Bombeiros).

O novo quartel do Corpo de Bombeiros terá efetivo para prestar o primeiro atendimento em casos de resgate e de combate a incêndio. “Estamos adquirindo o mobiliário para o novo prédio. Ele terá um caminhão de combate a incêndio, uma unidade de atendimento pré-hospitalar, um bombeiro responsável pelas vistorias na região e uma base do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência)”, explicou o tenente-coronel Helton.

O objetivo é reduzir o tempo de espera da sociedade em casos de urgência e de emergência.

Cidade