Contato direto com a natureza

Portadores de surdocegueira passam a manhã desta quinta no parque do Córrego Grande explorando experiências sensoriais

Um grupo de surdocegos que são atendidos pela ACIC (Associação Catarinense para Integração do Cego) participaram de uma atividade diferente na manhã desta quinta-feira (6). Eles foram até o Parque Ecológico do Córrego Grande, em Florianópolis, para uma série de atividades junto à natureza a fim de conhecer diferentes espécies da flora nativa da Ilha usando o tato, olfato e paladar.

A experiência serve para explorar todos os sentidos remanescentes entre os surdocegos, que são aqueles que apresentam simultaneamente a deficiência visual e auditiva, parcial ou total. Uma das atrações do parque, um garapuvu quase centenário, não ficou de fora da experiência, como mostra a foto abaixo.

Que a iniciativa da ACIC sirva de inspiração para que todos pratiquem esse contato direto com a natureza da Ilha e explorem todos os sentidos – nem que seja só a visão para contemplar por alguns instantes a vista do Morro da Cruz ou os próprios garapuvus nas nossas encostas. E melhor: que tal sugerir outros lugares para o pessoal da ACIC levar nossos amigos surdocegos para mais um passeio?

Carla Azevedo/Divulgação

Contato com a flora ajuda a explorar os sentidos remanescentes entre os surdocegos 

Veja mais fotos do passeio pelo parque

Saiba mais sobre o trabalho e as atividades da ACIC