Controladora adjunta pede exoneração

A auditora Simone Becker pediu exoneração do cargo que ocupava, como controladora-geral adjunta do Estado, nesta sexta-feira (26). Simone era a representante da Controladoria no grupo de WhatsApp criado pra acompanhar as compras relacionadas a pandemia.

Após a polêmica compra de 200 respiradores, a comissão interna, criada pra apurar as irregularidades, confirmou a realização de uma reunião entre Simone e servidores da Secretaria de Saúde.

A CGE ainda não comentou o pedido de exoneração.

Saiba todos os detalhes na matéria do ND Notícias!

+

ND Notícias

Controladora-geral adjunta do Estado de SC pede exoneração

Auditora Simone Becker exaltou a qualidade da equipe e agradeceu pela oportunidade recebida pelo controlador-geral Luiz Felipe Ferreira

A auditora Simone Becker, que ocupava o cargo de controladora-geral adjunta, comunicou seu pedido de exoneração. Em nota, externou seu reconhecimento pela qualidade da equipe e pelos excelentes trabalhos produzidos e agradeceu ao professor Luiz Felipe Ferreira pela oportunidade e confiança.

Simone Becker pediu exoneração nesta sexta-feira – Foto: Divulgação/ND

Saiba mais:

Na próxima terça-feira, o plenário da Assembleia Legislativa de Santa Catarina vota o pedido de afastamento do controlador-geral por omissão. Em nota o Sindiauditoria destaca que não há novidade na premente necessidade de substituição do ainda ocupante do cargo de controlador-geral do Estado.

Tanto que no dia 3 de maio encaminhou ao governador Carlos Moisés ofício expondo preocupação com os fatos divulgados acerca do descontrole na execução das despesas públicas realizadas em razão da pandemia causada pela Covid-19. A Controladoria foi criada no governo Moisés por desconsiderar organismos de controle de governos anteriores.

+

Paulo Alceu

Paulo Alceu

O ministro Gilmar Mendes quer pautar o mais rápido possível o processo de suspeição contra o ex juiz ...