Copa RIC de Jiu-Jitsu: No dia delas, crianças vencem campeonato

Atualizado

Crianças e adolescentes participaram de 30 lutas casadas de jiu-jitsu neste sábado (12) – Foto: Rose Sardá/Divulgação/ND

Cerca de 60 crianças e adolescentes de 5 a 16 anos participaram neste sábado da 2ª Copa RIC de Jiu-Jitsu, que foi disputada no tatame montado na sede da Fucas (Fundação Catarinense de Assistência Social), em Capoeiras, no Continente.

Elas, que representaram 26 projetos sociais de Palhoça, São José e Florianópolis, participaram de 30 lutas casadas de jiu-jitsu. Para o idealizador e coordenador do projeto social, o paratleta Jacson Botelho, todas as crianças saíram vencedoras. “Na real todas são vencedores, são de projetos sociais e não têm como lutar um campeonato. A Copa RIC quer dar esta oportunidade a elas e aos projetos, por isso todas ganharam medalhas”, conta Jacson.

2ª Copa RIC de Jiu-Jitsu reuniu 60 crianças e adolescentes – Foto: Anderson Coelho/ND

Leia também:

O campeonato começou as 11h30 deste sábado e terminou as 15h. No local, foi montado um restaurante e todos os participantes ganharam uma premiação em quimono e brinquedos. “Elas saíam da premiação e tinham um almoço bem gostoso no restaurante preparado para elas”, conta Jacson.

Apoiador do projeto, Marcello Corrêa Petrelli, presidente executivo do Grupo RIC SC, compareceu ao evento e falou para aos pequenos e jovens participantes sobre a importância do engajamento em projetos sociais.

Mais conteúdo sobre

Lutas