Coronavírus mata médico chinês que ficou com pele escura no tratamento

O médico chinês que ganhou as manchetes por ter ficado com a pele escura durante tratamento contra o coronavírus, morreu nesta terça-feira (2). Hu Weifeng, de 42 anos, estava internado há cinco meses para se tratar da Covid-19. Urologista, as imagens com sua pele escurecida impressionou o mundo.

Médico chinês ficou com a pele escura – Reprodução – Foto: Reprodução

De acordo com o site Pena Mei News, da China, um outro médico, chamado Yi Fan, apresentou a mesma característica na pele durante o tratamento. No entanto, respondeu bem ao tratamento com respirador e acabou tendo alta. Yi Fan é cardiologista.

Hormônios

De acordo com informação divulgada pelo portal South China Morning Post, Hu estaria em coma desde o dia 22 de abril passado. A internação foi feita em um hospital de Wuhan, que foi o epicentro da pandemia. O primeiro sintoma foi uma hemorragia cerebral.

O boletim médico divulgado à época dava conta de uma reação ocasionada por um desequilíbrio hormonal.

Mais conteúdo sobre

Saúde