Corpo achado acorrentado em rio é de idoso morto há sete dias, na Serra

O corpo encontrado boiando no Rio Canoas, em Ponte Alta, nessa segunda-feira (16), é de um idoso que morreu há sete dias.

Segundo o IML (Instituto Médico Legal), a vítima foi identificada como Soli Pedro Moraes, de 71 anos, natural de São Francisco de Paula (RS), morador do município da Serra catarinense. Ele era solteiro e não tinha filhos.

Segundo o IGP (Instituto Geral de Perícias), Soli foi morto no dia 10, por asfixia. A identificação foi feita por impressão digital.

O corpo da vítima foi encontrado por um pescador que estava na região e acionou o Corpo de Bombeiros. O idoso estava envolto em uma lona preta, acorrentado e com um cadeado.

Ainda conforme o IGP, a vítima estava vestida e não apresentava hematomas, mas estava com os braços e os pés amarrados, com uma sacola plástica na cabeça.

Mais conteúdo sobre

Polícia