Corpo de haitiano empurrado na BR-101 será cremado nesta quinta-feira

O corpo do haitiano Kerby Tingue, de 32 anos, que morreu atropelado por um caminhão na BR-101, será cremado nesta quinta-feira (27) no Crematório Catarinense, em Palhoça. Ele morreu no dia 3 de junho, após ser empurrado na rodovia em trecho localizado em São José.

Kerby Tingue morreu atropelado por um caminhão após ser empurrado na BR-101, em São José – Reprodução/Facebook

Um velório é realizado na funerária em frente ao Cemitério do Itacorubi, em Florianópolis. A irmã da vítima, Marie Tingue, chegou ao Brasil no dia 10, para realizar os procedimento de liberação do corpo.

No vídeo gravado pelo sistema de videomonitoramento da BR-101 e divulgado pela Polícia Civil, o homem foi empurrado por alguém e, em seguida, caiu na frente de um caminhão que não conseguiu frear a tempo. Tingue morreu no local.

A polícia segue investigando o assassinato, mas ninguém foi preso até o momento. O caso está a cargo do delegado Manoel Galeno, da DIC (Divisão de Investigação Criminal) de São José, que não repassou detalhes sobre as investigações.

Leia também: 

Mais conteúdo sobre

Polícia