Corpos de vítimas de acidente com ônibus são sepultados na Baixada Santista

Atualizado

Os corpos de três das dez pessoas que morreram no acidente com o ônibus de excursão no retorno de Campos de Jordão, na noite de domingo, 9, foram sepultados em Cubatão, na Baixada Santista, na manhã desta terça-feira, 11.

Ônibus fretado da empresa Brasil Santana retornava de uma excursão a Campos do Jordão e capotou na rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro – Reprodução/Record TV

O corpo de Jackeline Rodrigues Fernandes, de 26 anos, foi sepultado às 10 horas, no Cemitério Municipal. Uma hora depois, houve o sepultamento dos jovens namorados Yago Lira Fernandes Mange e de Camila Rodrigues da Silva, ambos de 23 anos, no mesmo cemitério.

O corpo do motorista do ônibus, Ivan Francisco da Silva, de 43 anos, estava sendo velado e seria sepultado às 14 horas no mesmo cemitério. A prefeitura de Cubatão decretou luto oficial de três dias.

Em São Vicente, estavam sendo velados em velório particular os corpos do casal Doriedson Ferreira da Silva, de 46 anos, e Maria Ivonete Marcolino Ferreira da Silva, de 41. Eles seriam sepultados às 16h30 no Cemitério Municipal.

Leia também: 

No mesmo local eram velados os corpos de Luzia Aparecida Alencar dos Santos, de 32 anos, e da filha Julia Alencar Correa dos Santos, de 3 anos. O sepultamento acontecerá às 16 horas.

Os corpos das vítimas Josiel Dourado Neto, de 33 anos, e de sua filha Manuela Maciel Dourado, de 2 anos, foram levados para Barueri, na Região Metropolitana de São Paulo, onde moravam. Não havia informação sobre o sepultamento.

Excursão

O ônibus fretado da empresa Brasil Santana retornava de uma excursão a Campos do Jordão e capotou no km 31,6 da rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123), atingindo cinco carros e uma moto.

Das 61 pessoas que ficaram feridas no acidente, nove permaneciam em hospitais de Cubatão – três delas em unidade de terapia intensiva, na manhã desta terça-feira. Outras cinco continuavam internadas no Hospital Regional de Taubaté.

Uma vítima com ferimentos de média gravidade estava internada na Santa Casa de Pindamonhangaba. A Polícia Civil apura as causas do acidente. O ônibus acidentado passa por perícia nesta terça-feira.

Mais conteúdo sobre

Geral