Corrida de canoas a vela pretende manter viva a tradição em São José

Atualizado

A mudança de hábitos pode fazer desaparecer velhos costumes e deixar uma tradição somente na memória. O progresso tem dessas coisas, mas enquanto for possível, quem viveu uma história vai tentar mantê-la. É esse sentimento de preservação que impulsiona Lourival Medeiros a promover uma corrida de canoas a vela.

Corrida de canoas a vela é realizada no mar em frente ao Centro Histórico – Foto: Divulgação/PMSJ/ND

O artista plástico de São José é filho e neto de josefenses. Para ele é uma questão de honra trabalhar pela manutenção da cultura e história locais. Medeiros diz que a madeira das canoas está sendo substituída pela fibra de vidro. “A corrida é uma forma de resgatar uma tradição que está se perdendo”, afirma.

O preparo para a corrida de canoas começou há 10 meses. Acostumado a moldar argila, Medeiros se envolveu com a madeira e deu forma ao tronco da simbólica garapuvu extraída na Enseada de Brito, em Palhoça. Para essa empreitada ele contou com a ajuda de três mestres canoeiros da região. “Eles me davam a orientação e eu ia pondo em prática”, lembra.

Com o apoio técnico de mestres da Lagoa da Conceição, Enseada de Brito e Ibiraquera, Lourival construiu a canoa de forma artesanal como manda a tradição. Batizada de ‘Neném’, uma homenagem à mãe, o artista plástico colocou a canoa no mar na manhã de domingo (3). “Foi emocionante”, resume.

Após a estreia no mar, a canoa Neném está apta a participar da 3ª Corrida de Canoas a Vela de São José no dia 24 de novembro. A largada da corrida será ao lado do trapiche do Centro Histórico a partir das 10h, se o vento estiver favorável.

Lourival estreou a canoa Neném no domingo, 3 – Foto: Divulgação/ND

Inscrição

A inscrição para a corrida poderá ser feita até uma hora antes da largada e é gratuita. Para participar, o canoeiro precisa de uma canoa de borda lisa de um pau só e uma tripulação formada por um timoneiro e um proeiro. Haverá duas modalidades: a vela e a remo.

Premiação

A duração da disputa é estimada em 1h30. A primeira canoa que chegar na praia ganha a competição. Segundo o organizador da corrida, a premiação é a própria participação “pelo amor à tradição”.

Serviço:

  • 3ª Corrida de Canoas a Vela de São José
  • Quando: Domingo, 24, às 10h
  • Onde: Trapiche do Centro Histórico
  • Inscrição: Gratuita
  • Informações: 48 99963-3095

Leia também:

Geral