Cuidado com o ar condicionado do seu carro!

Atualizado

Ar Condicionado – Foto: Divulgação

Sim, o ar condicionado do seu carro pode trazer problemas para a sua saúde. “No verão, recebo vários pacientes em meu consultório com queixas nasais, e maioria atribui isto ao uso constante de ar condicionado nos ambientes em geral”, conta a médica Fernanda Fiorese Philippi.

Mas o que muita gente esquece é que o ar condicionado do veículo também pode trazer problemas de saúde, se não for corretamente utilizado. 

“Por isso, resolvi trazer mais informações que podem ajudar você e sua família a passarem um verão com mais saúde. E por que o ar condicionado do carro pode trazer tantos problemas? ”  Seguem algumas orientações sugeridas pela especialista:

Fique atento às dicas:

– Utilizando o ar condicionado do veículo, as variações térmicas a que a pessoa se expõe podem ser maiores, imaginando estar no carro com o ar numa temperatura bem baixa e logo estacionar e desembarcar encontrando uma temperatura bem elevada.

– O correto é deixar o termostato regulado numa temperatura agradável, próximo de 22 graus, ou, ao se aproximar do destino, já elevar um pouco a temperatura do ar condicionado para evitar variações muito bruscas da temperatura corporal.

– Muita gente esquece de fazer a correta manutenção do ar condicionado do veículo, que envolve limpeza do filtro, tubulações e troca do filtro de cabine. Alguns destes filtros contêm barreira anti-pólen e anti-ácaro, mas naturalmente depois de muito tempo de uso, perdem esta função e passam a ser reservatórios de bactérias, fungos, poeira e ácaros.

Consequências: Agravamento dos quadros de alergias, rinites e doenças pulmonares, como asma ou bronquite. 

Como perceber se está na hora de fazer a limpeza? 

– O ideal é consultar o manual do seu veículo, já que existem diferentes modelos e recomendações do fabricante específicos para cada carro e modelo do ar condicionado.

– Perceber mau cheiro e mesmo uma piora da ventilação do aparelho pode significar acúmulo de sujeira no filtro e ductos, indicando a necessidade de manutenção.

– Dependendo da intensidade de uso do veículo e dos locais onde este carro circula (estrada de chão, ou cidades muito poluídas), a necessidade de higienização com produtos específicos ou troca deste filtro de cabine pode acontecer uma vez ao ano, ou até mesmo antes.

– Outros manuais recomendam a troca por quilometragem, como por exemplo, 20 mil km rodados.

– Alguns especialistas recomendam, inclusive, ligar o ar condicionado numa temperatura quente por um minuto para secar os ductos do ar condicionado, caso este carro for permanecer parado muito tempo, já que um dos motivos do mau cheiro é a umidade acumulada que favorece a proliferação de fungos.

– Outro ponto importante é que, quando deixamos o aparelho no modo de recirculação, o ar externo não entrará no carro. Será aproveitado aquele ar que está no interior do veículo (isso é particularmente indicado em cidades poluídas para impedir a entrada de fumaça dos escapamentos para dentro do carro).

Por isso reforçamos a importância em manter este carro em boas condições de limpeza geral. Não basta apenas o aparelho do ar condicionado estar limpo. Mas também os tapetes e bancos precisam estar bem limpos e aspirados para evitar que poeiras, resíduos alimentares ou sinais de mofo acabem comprometendo a qualidade do ar circulante dentro do veículo. 

– Levando em conta que o ar condicionado reduz a umidade do ambiente, um cuidado recomendado aos pacientes que vão permanecer por muito tempo no veículo com o ar condicionado ligado, numa viagem, por exemplo, é manter as mucosas hidratadas, ingerindo bastante líquido e lubrificando as cavidades nasais com soro fisiológico em forma líquida ou gel. Isso traz bastante conforto e evita a sensação de ressecamento, ardência ou formação de crostas que esta condição pode gerar.

Dra Fernanda – Foto: Divulgação

Portanto, a dica da Dra. Fernanda Fiorese Philippi é:

Adote estas dicas e consiga passar por este verão com mais saúde respiratória!

Edição: Alessandra Cavalheiro – Jornalista – Mtb 9775

DRA. FERNANDA FIORESE PHILIPPI

Médica Otorrinolaringologista

CRM/SC 13496 RQE 6769

www.fernandaphilippi.com.br

Mais conteúdo sobre

Saúde Mais