Curitibanos à procura de ortopedista

O médico responsável pediu seu desligamento do Hospital

Município, Estado e Hospital Hélio Anjos Ortiz (HHAO) estão em negociação para contratação de ortopedistas. Curitibanos passa por dificuldades para atender a demanda da especialidade médica desde que o especialista Carlos Henrique Abreu Driussi pediu desligamento do corpo clínico do hospital regional em 20 de dezembro de 2013, por motivos particulares. Como o regimento interno do HHAO prevê que para utilizar as instalações da instituição para atendimentos ambulatoriais o médico precisa fazer parte do corpo clínico e, portanto, atender a urgências e emergências em sistema de sobreaviso; seu desligamento do hospital inviabilizou os atendimentos do profissional através de convênio com o Município.

Divulgação/Ascom/ND Oeste

Ascom/ND Oeste

Secretária de Saúde, diretor de Saúde e diretor do Hospital de Curitibanos deram coletiva de imprensa

Em entrevista coletiva à imprensa local, nesta sexta-feira (31 de janeiro) a secretária de Saúde de Curitibanos Carine Tatsch, o diretor de Saúde do município César Tadeu de Almeida, o diretor do HHAO Marcelo Pasolini e o gerente Regional de Saúde José Lucio Goetten informaram que as instituições estão unidas na busca de uma solução. “A nosso ver, o município seria um polo interessante para os profissionais, porque se vierem não têm concorrência”, observou a secretária.

Ela informou ainda que a questão não é financeira.  Segundo Carine, o Município paga por consulta a ortopedista o mesmo valor que reconhecidos planos de saúde. “A maior dificuldade é de que infelizmente não há profissionais suficientes que queiram trabalhar pela saúde pública”, lamentou o gerente regional.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Notícias

Loading...