Decapitação de adolescente de 17 anos coloca Joinville como destaque negativo na imprensa nacional

O país amanheceu perplexo diante da monstruosidade praticada na terça-feira contra rapaz no bairro Jardim Paraíso

Joinville voltou a ser notícia na imprensa nacional ontem, por causa da morte de um menor que foi assassinado e teve a cabeça decepada a golpes de machado. O fato chegou a ser matéria principal até mesmo de um site do estado de Alagoas. A notícia veiculada no ND Online teve mais de 10 mil “cliques” e as imagens da execução “viralizaram” nas redes sociais. Dois homens aparecem cortando a cabeça da vítima com mais de dez golpes de machado.

Líderes de mercado

Sede da única filial do grupo KaVo Kerr no Brasil, a maior de seu segmento na América Latina, Joinville conta também com a FGM Produtos Odontológicos, líder de vendas no Brasil e América Latina de produtos de clareadores. As duas empresas participaram no fim de janeiro do Ciosp (Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo).

Apesar do período difícil no segmento e da crise econômica brasileira, a FGM Produtos Odontológicos, com sede em Joinville, registrou um aumento 20% em suas vendas durante o congresso, comparando com o evento do ano passado. A empresa inovou ao apresentar o ION Z, produto que remove cáries sem precisar que o dentista use o “motorzinho”.

Entre seus 300 itens, a FGM produz o “Whiteness”, líder de vendas no Brasil, na América Latina, Europa e Oriente Médio. Segundo a empresa, há um forte crescimento de seus negócios na Ásia.

Já as investigações acerca de acidente na sede da empresa, ocorrido em 18 de janeiro, e que matou duas funcionárias, quando uma laje com caixas de água desabou, continuam.

Luiz Veríssimo/ND

Macrodrenagem na Beira-rio. Obra mudou de pista, mas o engarrafamento continua

Trânsito lento

As obras de macrodrenagem do rio Mathias continuam comprometendo a mobilidade do trânsito no Centro de Joinville. Depois de várias semanas na pista do sentido bairro-centro, agora mudou de pista, mas o engarrafamento na avenida Beira-rio continua.

Divulgação/ND

Deputado estadual Patrício Destro alertou para situação de pânico vivida em Joinville

Operação especial

O deputado estadual Patrício Destro (PSB) pediu nesta quarta, da tribuna da Assembleia Legislativa, uma “operação especial” em Joinville para conter a violência. Citando os 17 homicídios e o caso do adolescente que teve sua cabeça decapitada, cujas imagens foram divulgadas pelas redes sociais, Destro afirmou que a população está em “pânico”. Além desta operação especial, ele apelou para que a Secretaria de Segurança faça um projeto de longo prazo para evitar que “crianças e adolescentes sejam captados pelo crime organizado”. Durante seu pronunciamento, o deputado joinvilense lembrou que naquele exato momento a Polícia Militar estava sendo chamada para atender mais dois casos de tentativas de assassinatos no bairro Comasa. Na realidade, foram quatro tentativas na tarde desta quarta.

Adilson Girardi/Circulando na Vila/ND

Sede da tradicional Sociedade Palmeiras do bairro Vila Nova agora viverá somente da memória de quem a frequentou em sua época áurea

 

Acabou o baile na

Sociedade Palmeiras

Iniciou nesta quarta a demolição da sede social da mais tradicional sociedade do bairro Vila Nova. Construída no início da década de 70 e há tempos desativada por problemas de segurança, a sede da Sociedade Palmeiras dará lugar a um prédio de 450 metros quadrados. O presidente Sandro Menestrina garante que ainda no primeiro semestre será erguido o pré-moldado.

Descaso da Catarinense

O editor de esportes do ND Joinville teve uma surpresa nada agradável durante sua viagem de férias ao Rio Grande do Sul. Ao chegar em Porto Alegre pela Auto Viação Catarinense, Renan Silveira percebeu que sua mala não estava no bagageiro. Como o ônibus atrasou cerca de duas horas, os guichês da empresa na rodoviária estavam fechados e não foi possível preencher o formulário de perda no ato. Depois disso, conta o jornalista, inúmeras foram as tentativas de contatos pelo SAC da empresa, no guichê da Catarinense em Joinville e em nenhuma delas obteve resposta. De 30 de dezembro, data da viagem, até ontem, nenhum contato foi feito pela empresa, mesmo 30 dias depois do ocorrido. Um descaso.

Visita do governador

Além do compromisso no jantar de posse do novo presidente, a Ajorpeme (Associação de Joinvile e Região da Pequena Micro e Média Empresa), às 20h, na Expoville, o governador Raimundo Colombo visita na tarde desta quinta as obras de duplicação da avenida Santos Dumont e as reformas no Hospital Regional Hans Dieter Schmidt. O prefeito Udo Döhler o acompanha.

Fiscalização

A Fatma (Fundação do Meio Ambiente) iniciou em janeiro um programa intensivo de fiscalizações em todo o Estado. As ações irão se estender durante todo o ano e abrangem diversas áreas como a florestal, agrícola, sanitária, da construção civil e de combustíveis. O objetivo é identificar e conter possíveis infrações ambientais em empreendimentos e atividades licenciadas pela Fundação.

Mural

– Leitor reclama da falta de banheiros públicos na Expoville. A solução é utilizar os do centro comercial, mas quando ele fecha o público fica sem opção.

– Domingo à noite, ocorre o aguardado desfile do bloco “Baiacú Gay” na localidade do Estaleiro, Vila da Glória, que tem a participação de homens vestidos de mulher.

– Esta semana foram demitidos oito funcionários da área de engenharia da Tupy. Entre eles, André, o goleiro titular do time da empresa.

Loading...