Defesa Civil emite alerta de 1º frio intenso do ano com possibilidade de neve em SC

A Defesa Civil de Santa Catarina emitiu alerta, nesta segunda-feira (1º), para o primeiro frio intenso do ano, com possibilidade de neve no Estado. O aviso vale das 18h desta quarta-feira (3) até o meio-dia de sábado (6), para todas as regiões, em especial áreas altas do Oeste ao Planalto, Serra, Alto Vale do Itajaí e área serrana da Grande Florianópolis.

Há chances de nevar em SC no final da semana – Jozieli Andrade/ Arquivo Secom

Segundo o órgão, a ocorrência de neve pode acontecer entre o fim da sexta-feira (5) e o amanhecer de sábado, por causa do frio intenso e a elevada umidade do ar, principalmente nas áreas altas do Meio-Oeste e Serra. Isso ocorre por causa da chegada de uma intensa massa de ar frio de origem polar ao Sul do Brasil.

Julho e frio chegam juntos

Após dias de sol e calor em Santa Catarina, o mês de julho começou com mudança no tempo.

A chegada de uma frente fria já trouxe chuva com trovoadas desde as primeiras horas desta segunda-feira, com dia marcado pela nebulosidade na maior parte do Estado.

Nesta terça-feira (2), as instabilidades continuam atuando em Santa Catarina, com possibilidade de chuva a qualquer hora do dia. Durante o período da tarde, a chuva ganha força, acompanhada de raios e rajadas de vento forte.

A previsão é de que os acumulados de precipitação serão mais elevados nas áreas do Planalto Sul e Serra, por causa da persistência da chuva.

Na quarta-feira (3), ainda existe condição de pancadas de chuva na madrugada, podendo ser forte e acompanhada de trovoadas e rajadas de vento. No período da manhã, a chuva perde força, porém o dia ainda deve ser marcado por bastante nebulosidade, com condições para chuva fraca.

“Destaca-se a queda brusca das temperaturas, a partir da tarde, e principalmente à noite, com ventos de quadrante sul”, detalha a Defesa Civil.

A tendência para quinta-feira (4) é de tempo firme, porém com temperaturas muito baixas e sensação de muito frio.

Neve

Na sexta-feira (5), a nebulosidade aumenta por causa da atuação de um sistema de baixa pressão no oceano, que transporta umidade do mar para o continente e reforça momentos de garoa.

Com a presença do ar muito frio acumulado, existe a possibilidade de chuva congelada e neve nas áreas altas das regiões Oeste, Planalto Sul e Serra.

“Ressalta-se que os ventos intensos nestes dias podem provocar a condição de mar agitado e uma possível ressaca”, destaca o órgão.

Mais conteúdo sobre

Tempo