Denúncia de suposto pagamento de propina na Câmara de Veradores de Joinville

Um pronunciamento do vereador Levi Rioschi (PPS) na última sessão do ano passado inspirou uma representação no Ministério Público e outra ao presidente da Câmara de Vereadores de Joinville, Rodrigo Fachini (PMDB). O autor é o advogado Marcos Schetter, que solicita uma investigação sobre a “denúncia” de Rioschi sobre um suposto pagamento de “propina” envolvendo a tramitação de um projeto que irá favorecer um grupo de funerárias. “Eu não acuso ninguém, mas a denúncia tem que ser investigada”, afirmou Schetter, que é advogado de uma funerária.

O caso envolve o sistema de rodízio entre as funerárias. Uma delas, a Cesp, conseguiu uma liminar no Tribunal de Justiça resguardando seus direitos de não ser excluída do rodízio, no caso de uma família optar por seu serviço. No fim do ano passado, um substitutivo global de autoria de um vereador do PSDB quer retirar o direito obtido em liminar, explica Marcos Schetter. As comissões técnicas já aprovaram a proposta, que ainda não foi votada em plenário. No dia da votação, em dezembro, o vereador Levi Rioschi levantou a suspeita de propina em seu pronunciamento e o projeto não foi votado.

Divulgação/ND

Hospital Infantil. Unidade é administrada por uma OS (organização social), com recursos do Estado

Próximo de um milhão
Desde o início das atividades, em setembro de 2008, o Hospital Materno Infantil Dr. Jeser Amarante Faria realizou mais de 950 mil atendimentos para crianças e adolescentes. A unidade pertence à rede de hospitais públicos da Secretaria de Estado da Saúde e é gerenciada pela organização social Hospital Nossa Senhora das Graças. Com aproximadamente 12 mil pacientes por mês, a unidade espera ultrapassar a marca de um milhão de atendimentos em maio. Todos os serviços prestados no Infantil são custeados pelo SUS, com apoio do governo do Estado.

Intervenção
O diretório municipal do PSDB de Joinville fez uma “intervenção branca” na sua bancada, hoje integrada por cinco vereadores. Antes da sessão desta segunda-feira (1), foi lido um ofício do diretório comunicando que o partido “fechou questão” quanto à liderança e indicação dos nomes paras as comissões técnicas. Odir Nunes foi indicado para a Comissão de Justiça e Cidadania, mas acabou ficando na de Educação. No ofício, o diretório lembra que, em caso de inobservância das orientações, ocorrerão as “punições cabíveis”.

PSB quer secretaria
O presidente do PSB de Joinville, Lúcio Mauro Nagel, lembrou à coluna que ele, o vice-prefeito Rodrigo Coelho (PSB) e o deputado estadual Patrício Destro (PSB) entregaram um ofício ao prefeito Udo Döhler (PMDB) solicitando uma secretaria para o partido. “Partidos que são oposição ao prefeito têm mais cargos (na Prefeitura) que o PSB, que está há dois meses esperado uma resposta e nada”, lamentou Nagel.

Origem dos recursos
Deputado estadual Kennedy Nunes (PSD) envia nota à coluna sobre a pavimentação da rua Tenente Antônio João. Segundo ele, a obra está sendo feita graças a uma emenda de sua autoria, de R$ 2,5 milhões. “Eu tinha acertado que este valor seria para abrigos de ônibus, mas como a Prefeitura conseguiu uma verba federal (para os abrigos) colocaram o recurso para a pavimentação”, lembrou.

Conselho
Kennedy Nunes garante na nota que foi o deputado que mais indicou recursos para uma única Prefeitura entre os 40 parlamentares. O segundo, acrescentou, foi Jailson Silva, que na época indicou R$ 1 milhão para Rio do Sul. “Quando fiz isso, gente do governo do Estado me aconselhou a não fazer indicação de alto valor para o governo Udo”, afirmou o deputado.

Divulgação/ND

Mais de 700 amigos estiveram no aniversário do deputado federal Marco Tebaldi (PSDB), em Joinville

Aniversário
Mais de 700 amigos estiveram no aniversário do deputado federal Marco Tebaldi (PSDB) em Joinville. Políticos de várias regiões do Estado viajaram especialmente para o churrasco, como o vereador Teixeira, de Campo Erê, e o candidato a prefeito de Rio dos Cedros, o vereador Cassio Berri. Na foto, o senador Dalírio Bebber e o prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes, e o deputado Vicente Caropreso foram abraçar o ex-prefeito de Joinville. Dois pré-candidatos a prefeito de Joinville, o deputado estadual Darci de Matos (PSD) e Aluísio Vieira (Dr. Xuxo) também estiveram na festa.

Mural

– O jantar de posse do contabilista Carlos Eduardo de Souza na presidência da Ajorpeme ocorrerá nesta quinta-feira (4), na Expoville.

– Nesta segunda-feira, a entidade revelou que durante o evento será lançado um grande evento empresarial.

– Marlene Girolla deixou o cargo de coordenadora 2 da área da Junta Militar.

– Pergunta do leitor Diogo David Lima: por que cortaram as árvores da quadra do batalhão? Elas estavam precárias mesmo? “Agora, sem sombra, a calçada será menos utilizada, porque a sombra era um atrativo”, observou.

– Senador Paulo Bauer (PSDB) alegou “compromissos familiares” para justificar sua ausência no churrasco de aniversário de Tebaldi.

Loading...