Depois de explosão, banco no Vale do Tijucas reabriu hoje

Agência em Nova Trento ficou praticamente destruída depois de ataque no dia sete

Marcos Horostecki/ND

Atendimento será precário até que toda a reforma termine

Atualizado às 11h30

Nova Trento – Depois de ficar quase duas semanas fechado, por causa do ataque sofrido no último dia sete, por um grupo de caixeiros, o Banco do Brasil de Nova Trento, no Vale do Tijucas, retomou as atividades hoje (19). Foi reaberto o atendimento interno e pelo menos uma máquina de autoatendimento está funcionando. As operações ainda vão ocorrer em caráter precário até que toda a reforma da agência, que ficou parcialmente destruída, seja completada.

Segundo o gerente da agência, Gabriel Augusto Vieira, por hora o caixa de autoatendimento vai ser fechado às 18 horas, todos os dias, por questões de segurança. Depois que todas as portas e departamentos da agência estiverem recuperados, o local voltará a ser acessado normalmente até às 22 horas. O banco também deve receber novos caixas eletrônicos, para substituir os que foram explodidos pelos bandidos.

Além da infraestrutura, o banco estará mobilizando toda a sua força de trabalho, para compensar tarefas que tiveram que ser suspensas devido à explosão da agência. Nas últimas duas semanas, funcionários estavam dando expediente em São João Batista e no Banco Postal, na sede dos Correios de Nova Trento. Hoje todos voltam a trabalhar na agência de origem, que deve receber grande fluxo de pessoas.

Enquanto no Banco do Brasil o atendimento é retomado, em São João Batista, na agência do Banco Bradesco, explodida no último final de semana, prosseguem os trabalhos para a recuperação da sala de autoatendimento. No interior do banco, no entanto, o atendimento aos clientes prossegue normalmente.

+

Notícias