Dilma pede paz e respeito às manifestações deste domingo

Presidente defendeu a liberdade de expressão e o direito de se manifestar

Roberto Stuckert Filho/Agência Brasil/Divulgação

Dilma falou sobre as manifestações durante visita a atingidos pelas chuvas em SP

A presidente Dilma Rousseff afirmou que as manifestações contra seu governo, marcadas para este domingo (13) em várias cidades do País, devem ser tratadas “com todo respeito”. Durante visita ao município de Franco da Rocha (SP) no sábado (12), Dilma aproveitou para defender a liberdade de expressão e a democracia.

“É muito importante a democracia no nosso País, então eu acredito que o ato de amanhã deve ser tratado com todo respeito”, disse. “Então, eu faço um apelo pela paz e pela democracia”, continuou.  “Nós  vivemos um momento em que as pessoas podem se manifestar, podem externar o que pensam, e isso é algo que nós temos que preservar”.

Dilma também pediu para que as manifestações ocorram em paz e sem violência. “Não acho que seja cabível, é um desserviço para o Brasil, qualquer ação que constitua provocação, violência e atos de vandalismo de qualquer espécie. Então, eu faço um apelo pela paz e pela democracia”.

Em Florianópolis, a organização espera 50 mil pessoas, com concentração no Ticen (Terminal de Integração do Centro) às 16h. De acordo com o Movimento Brasil Livre, que organiza o ato, mais de 30 cidades catarinenses devem realizar protestos semelhantes ao da Capital.

:: Organizadores da manifestação em Florianópolis esperam 50 mil pessoas na ruas neste domingo ::

Com informações da Agência Brasil.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...