Diversidade e aventura em Encantos do Sul

Se tem uma região que reúne um pouco de cada riqueza de Santa Catarina é Encantos do Sul. Os roteiros turísticos refletem a diversidade cultural e natural das cidades e incluem arte, ecoturismo, esportes de aventura, praias, águas termais e muitas outras atrações. A região se divide em 29 municípios e destacamos a seguir duas destas localidades.

Observação de baleias é atração em Imbituba – Markito/Santur/Divulgação/ND

Imbituba

Quem passa por Imbituba até se perde com a quantidade de praias que a região abriga, mas o principal atrativo do inverno na cidade é a famosa observação da baleia franca, que entre os meses de junho e novembro escolhem a região Sul para procriar. Quem se programa para ver as baleias de pertinho não tem muita dificuldade nesta época, já que estes animais podem ser observados na praia ou nos próprios mirantes dos costões.

Nova Veneza

Nova Veneza tem uma das quatro gôndolas originais fora da Itália – Markito/Santur/Divulgação/ND

Conhecida como um pedaço da Itália em terras catarinenses por conta da forte influência ainda dos colonizadores, quem passa por Nova Veneza se apaixona pela pequena e pacata cidade. Com forte traços da gastronomia italiana, a culinária local é um verdadeiro cardápio europeu sem sair do Brasil. Além disso, os pontos turísticos da cidade revelam a preservação da cultura zelada pelos moradores. Quando passar por Nova Veneza, veja o que é bacana de se conhecer:

Praça Humberto Bortoluzzi: diretamente de Veneza, a cidade catarinense tem uma das quatro gôndolas originais fora da Itália, isso mesmo! Ela fica na praça principal da cidade, o verdadeiro ponto de encontro dos moradores da região que ocupam o lugar para jogar, descansar entre as árvores e escutar o barulho da roda d’água.

Ponte dos Namorados – Ponte Dei Morosi: de tanto ser usada como ponto de encontro de casais apaixonados na cidade, a ponte Dei Morosi – que, de acordo com a história, o significado do nome é Ponte dos Namorados-, é o lugar ideal para quem quer selar o amor eterno. A tradição local é a seguinte: na ponte, há um espaço em que os casais penduram cadeados e jogam a chave no rio para que nada seja capaz de desfazer o amor entre eles. Fofo, vai dizer?! A ponte fica no Centro da cidade.

Casas de Pedra: para quem gosta de história e se sentir mais perto da cultura local, conhecer o ponto turístico Casa de Pedra vai ser um convite para uma viagem no tempo. Tombado como Patrimônio Histórico de Santa Catarina, o local foi construído pelos italianos ainda no século 19 com, basicamente, dois materiais: pedra e barro. Para conhecer esse atrativo, é cobrada uma taxa de R$ 5 por pessoa.

Vinícola Borgo Gava: a construção de um castelo em meio a um imenso campo verde é um atrativo para quem visita a região. Com vinhos e outras bebidas produzidas em baixa escala, a Vinícola Borgo Gava pertence a uma família de imigrantes italianos e atrai os turistas pela tranquilidade do local.
Fique atento: quem visita Nova Veneza tem a chance de carimbar no passaporte o carimbo da visita na cidade. Não, você não entendeu errado. Isso é comum em algumas cidades do mundo que buscam deixar a marca do ponto turístico visitado no seu documento.

Visita à mina em Criciúma – Markito/Santur/Divulgação/ND

Turismo