Dívidas bancárias terão prorrogação de 60 dias

Atualizado

Em meio à pandemia de Covid-19, bancos orientaram prorrogação de 60 dias para pagamento de dívidas. A medida não valerá para cartão de crédito, tributos, cheque especial e contas de água e luz.

Apesar de a decisão ser de uma federação, cada banco irá negociar os detalhes do pagamento, tais como prazo e condições.Foto: Daniel Isaia/Agência Brasil/Divulgação/ND

O acordo foi firmado pela Febrapan (Federação Brasileira de Bancos), que reúne Caixa, Bradesco, Banco do Brasil, Santander e Itaú. A prorrogação, porém, não é automatizada e deve ser negociada individualmente com o gerentes de contas. A orientação é de que a negociação seja feita à distância, por meios eletrônicos.

Leia também:

Apesar de a decisão ser de uma federação, cada banco irá negociar os detalhes do pagamento, tais como prazo e condições. Cada caso será analisado de maneira individual, o que também inclui a quantia de juros que será estipulada.

Saúde