Campanha para novos doadores de medula óssea movimenta São José

Foto Marcelo Bittencourt

Doação de medula óssea começa com a retirada de sangue

A doação começa com a retirada de sangue e cadastro

Há um ano, foi instituída a Semana de Mobilização do Cadastro de Medula Óssea e durante esta quinta-feira em frente à Prefeitura de São José, um ambiente foi montado para informar e cadastrar interessados em doar. Até final da tarde, 125 pessoas fizeram o cadastro que consiste em preencher uma ficha e retirar 5ml de sangue para análise. A campanha é coordenada pelo Hemosc (Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina).

O casal de comerciantes Rogério e Susana Schmitt fez sua parte. “Viemos ao Fórum e recebemos um panfleto que nos chamou a atenção porque já tivemos na família uma pessoa que precisou de transplante de medula”, conta. A mãe de Susana sofria de esclerose múltipla e aguardou por um doador. “Ela conseguiu fazer o transplante, mas depois, por outros motivos, a doença complicou e há um ano ela faleceu. Devemos fazer nossa parte. Vale a pena”, ressalta.

leia mais na edição impressa do Notícias do Dia de sexta-feira

Região

Nenhum conteúdo encontrado