Dois homens são presos por estupro de vulnerável em São Francisco do Sul

Atualizado

Duas pessoas foram presas por estupro de vulnerável na tarde de terça-feira (10) em São Francisco do Sul, no Litoral Norte do Estado. As prisões fazem parte da Operação “Anjos da Guarda” que busca reprimir crimes de abusos e exploração sexual de crianças.

O primeiro suspeito foi preso no Bairro Acaraí. Ele é investigado por abusar da própria filha. Segundo a Polícia Civil, a violência teria iniciado quando a menina tinha apenas nove anos, e foi denunciada pela ex-mulher do agressor.

Já a segunda prisão foi realizada no Bairro Rio Pequeno. O homem é suspeito de estuprar a enteada de 11 anos. A denúncia foi realizada pelo pai da criança.

De acordo com a Polícia, as investigações prosseguem com o intuito de localizar e prender outros agressores que atuam no município. Só nos últimos 30 dias, cinco pessoas foram presas por estupro de vulnerável em São Francisco do Sul.

Leia também:

“Nosso objetivo é retirar as crianças do alcance desses agressores e protegê-las do abuso sexual, estamos buscando atender essa demanda de forma especializada em busca de uma resposta eficiente para as vítimas fragilizadas”, destaca o delegado Rafaello Ross, responsável pela operação.

Além disso, o delegado afirma que as vítimas passaram por uma avaliação psicológica que confirmou as declarações. Os suspeitos foram encaminhados a Unidade Prisional Avançada de São Francisco do Sul, onde permanecem a disposição da justiça.

Polícia