Dois policiais são agredidos durante ocorrência em Chapecó

Atualizado

A Polícia Militar prendeu três homens por perturbação de sossego, briga e desacato na noite de terça-feira (24), no bairro Presidente Médici, em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina. Dois policiais ficaram feridos na confusão. 

Fato foi entregue na CPP de Chapecó – Foto: Polícia Militar/Divulgação/ND

Uma denúncia de perturbação levou os policiais até o endereço, na rua Condá, por volta das 23h40. De acordo com a polícia, lá a equipe encontrou o trio de 30, 33 e 47 anos de idade se agredindo. 

Ao tentar conversar com os homens, eles começaram desacatar a guarnição. Então, receberam ordem de parada, mas resistiram e partiram para cima da equipe. Disparos de balas de borracha foram usados acabar com a confusão. 

O homem de 30 anos, segundo a polícia, ameaçou jogar um tijolo paver em um dos policiais, que respondeu com disparos de bala de borracha. Mais tarde, para tentar evitar a prisão, o cidadão pegou o próprio filho no colo e usou como escudo. 

Leia também:

Já o outro, de 33 anos, deu dois socos no rosto e um chute no braço de outro componente da equipe. Ele tentou fugir, mas foi detido. O policial acabou ferido e ainda teve contato com sangue do suspeito, que já tinha se machucado na briga com os comparsas. 

O terceiro envolvido, de 47 anos, pegou outro tijolo e tentou jogar nos policiais, que revidaram com novos disparos de bala de borracha. Já detido e algemado, o homem ainda deu um chute no brado de um militar. 

O homem mais velho precisou de atendimento médico e depois foi levado à Delegacia de Polícia Civil junto com os demais envolvidos. 

Mais cedo, por volta das 22h30, a Guarda Municipal de Chapecó já havia atendido no endereço uma ocorrência perturbação de sossego. Eles foram orientados a acabarem com a algazarra. O motivo da briga não foi divulgado. 

Polícia