Dor e revolta no enterro do caminhoneiro assassinado em briga de trânsito

Eduardo Ramos, 43 anos, foi morto com uma facada no abdômen, depois de pedir para que o carro que trancava a passagem na rua liberasse o acesso. Uma mulher de 53 anos, autora da facada que tirou a vida de Eduardo, já tem 21 boletins de ocorrências contra ela, e o outro homem que estava no carro com ela e que também agrediu a vítima, tem 45 passagens policiais, além de 6 termos circunstanciados e duas intimações. O caminhoneiro era casado e deixa três filhos.

Loading...