Dores nas costas: a causa pode ser hérnia de disco

Na rotina agitada dos tempos atuais, dores no corpo são comuns. Mas em nome da qualidade de vida e da longevidade, este sintoma não deve ser ignorado. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), 8 a cada 10 pessoas terão dores nas costas ao longo da vida. A dor na coluna é um sintoma de que algo está errado, mas nem sempre significa uma doença. O importante é encontrar a causa desta dor.

“Qualquer pessoa pode desenvolver dores na coluna, até mesmo crianças e adolescentes, e está entre as queixas mais comuns do dia a dia.  Existem várias causas, fatores de risco e formas de prevenção”, explica a fisioterapeuta responsável pela franquia Doutor Hérnia da Unidade Florianópolis / SC, Dra. Cristiane Rossi. “A dor na coluna é um sintoma de que algo está errado, mas nem sempre significa uma doença. O importante é encontrar a causa desta dor”, alerta.

 

Investigar é a melhor saída

“Imagine uma árvore para ter um diagnóstico completo. As folhas são as consequências, o tronco são os problemas e a raiz as causas. Uma das razões destas dores podem ser as hérnias de disco”, ilustra a profissional da franquia em Florianópolis. “Nossa coluna é composta de aproximadamente 32 vértebras. Entre cada vértebra há um disco que serve como um amortecedor e também serve para dar a capacidade de movimento da nossa coluna, que apesar de ter ossos se move em todas as direções”, diz a fisioterapeuta. A hérnia ocorre quando os discos começam a se desgastar e forma-se esta patologia de origem mecânica.

Projeto Especial Saúde Mais – Foto: Divulgação/ND

O que provoca o desgaste?

– Má postura

– Sedentarismo

– Excesso de atividade física

– Causas genéricas

– Fumo

– Má alimentação

– Pouca ingestão de água

– Excesso de peso

 

ENTREVISTA – Dra. Cristiane Rossi

Como é feito o diagnóstico da hérnia de disco?

Diante do problema, o diagnóstico da hérnia de disco pode ser feito por meio de uma avaliação física detalhada, observação dos sintomas, histórico do paciente e de exames, como tomografia computadorizada ou ressonância magnética, que servem para avaliar o disco, e saber se os sintomas referidos condizem com as imagens do exame.

Que sintomas devem ser observados?

Os sintomas podem variar de um indivíduo para outro. O principal sintoma é a dor intensa, porém, outros sintomas poderão estar presentes devido o comprometimento e grau da lesão discal. As hérnias discais são mais frequentes na região cervical e região lombar.

Projeto Especial Saúde Mais – Foto: Divulgação/ND

Quais os tipos de tratamentos?

Existem vários tipos de tratamentos (Conservador e Cirúrgico). Os tratamentos conservadores são altamente eficazes na reabilitação da patologia discal, sendo uma excelente opção em mais de 95% dos casos. É importante que o paciente seja submetido a uma avaliação detalhada com o objetivo de identificar a estrutura que está comprometida e tratá-la de maneira correta. Os casos cirúrgicos são indicados quando o paciente não responde de forma satisfatória a nenhum tratamento conservador.

Hérnia de Disco tem cura?

É importante deixar claro que a hérnia de disco não tem cura. Porém, é possível tratar a patologia de maneira eficaz, através do ajuste biomecânico, reabsorção do material herniado para o espaço intradiscal e exercícios de estabilização da coluna vertebral.

Como é o tratamento?

Primeiro, o paciente é submetido a uma avaliação detalhada. Testes físicos-neurais são realizados com o objetivo de identificar a origem do problema. É coletado o histórico do paciente e analisadas as imagens. Desta forma, é possível chegar a um diagnóstico preciso. Após a consulta, o paciente será enquadrado em um dos protocolos de tratamento da Franquia Doutor Hérnia, que pode variar de 1 a 3 meses de duração. O tratamento oferece técnicas manuais de Escolas mundialmente conhecidas, como Harvard Medical School, entre outras. Utilizamos também equipamentos de última geração e exercícios de estabilização da coluna vertebral. Tratamento moderno e eficaz, com eficácia superior a 95% dos casos.

Sobre a franquia Doutor Hérnia

FRANQUIA DOUTOR HERNIA™ nasce a partir da ideia de dois profissionais com mais de 15 anos de mercado atuando nas patologias da coluna vertebral, Dr. André Pêgas de Oliveira e Dr. Laudelino Risso, que ao criar e utilizar um protocolo de atendimento nos pacientes com hérnias de disco tanto lombar quanto cervical observaram respostas excelentes. Eles utilizaram por mais de 4 anos e com mais de três mil pacientes beneficiados esse protocolo mostrou-se eficaz em mais de 90% dos casos tratados. Com a grande procura, surge a ideia da franquia DOUTOR HÉRNIA™. A proposta é que todo profissional desta franquia deve receber o treinamento diretamente dos criadores do protocolo, para que sejam obtidas a técnica e qualidade exigida pela franquia.

Unidade Florianópolis / SC

Rua Henrique Boiteux, 183 – Estreito, Florianópolis/SC

Fone: (48) 3091-1313/ 99990-8534

https://www.doutorhernia.com.br/unidade/florianopolis-sc

Mais conteúdo sobre

Saúde Mais