Dupla acusada de torturar e matar jovem de 20 anos é presa em Joinville

Atualizado

Dois acusados foram presos preventivamente, na tarde desta segunda-feira (20), pela morte de um jovem de 20 anos em Joinville, no Norte de Santa Catarina. O crime ocorreu em em 9 de junho de 2017, no bairro Paranaguamirim, na Zona Sul da cidade. Outros dois autores também já haviam sido detidos.

Após o crime, autores enterraram a vítima em uma cova preenchida com produtos químicos para acelerar a decomposição do corpo – Polícia Civil/Divulgação

Segundo a Polícia Civil, houve dificuldade no esclarecimento do caso por causa da falta de testemunhas, elementos materiais na cena do crime e evidências que ligassem a vítima aos suspeitos. Após quase dois anos de investigações, a Delegacia de Homicídios conseguiu reunir elementos que apontaram a autoria do crime.

Durante o interrogatório, um dos detidos confessou o crime e descreveu, com detalhes, como foi a execução e a motivação da morte. Os demais mantiveram-se em silêncio. Todos seguem presos.

Homicídio em Joinville

Segundo a Polícia Civil, a investigação apurou que a vítima foi raptada e submetida a sessões de tortura por membros de uma facção criminosa que atua na região. Após ser morto, o corpo foi parcialmente desmembrado e decapitado. Os autores enterraram a vítima em uma cova preenchida com produtos químicos para acelerar a decomposição do corpo.

Leia também:

O cadáver foi localizado apenas dois meses após o crime em avançado estado de decomposição, no dia 16 de agosto de 2017. Com isso, a Delegacia de Homicídios entrou oficialmente no caso e iniciou a investigação.

Mais conteúdo sobre

Polícia