Edital para revitalização da Avenidas das Rendeiras, na Lagoa da Conceição, é lançado

Atualizado

Aguardada desde 2015, a revitalização da Avenida das Rendeiras, na Lagoa da Conceição, ganhou um novo capítulo na manhã desta quinta-feira, com o lançamento do edital para realização das obras. Os trabalhos devem se iniciar em 90 dias com previsão de término para antes do início da temporada de verão 2020/2021.

Avenida das Rendeiras é a principal via da Lagoa da Conceição. Foto Leonardo Sousa/PMF

Polêmica, devido à proposta inicial de extinguir as áreas de estacionamento atuais, a obra tem projeto orçado em R$ 5,2 milhões, dos quais R$ 3 milhões serão financiados pela CEF (Caixa Econômica Federal) e R$ 2,2 milhões serão desembolsados pela Prefeitura de Florianópolis. De acordo com o prefeito Gean Loureiro, a obra valoriza a região e contribui com a mobilidade urbana e infraestrutura de quem utiliza a via diariamente.

“A revitalização da Avenida das Rendeiras era uma antiga demanda da comunidade e entorno e é importante para o comércio, turismo e lazer”, definiu Loureiro.  A principal via pública municipal da Lagoa da Conceição, acesso para as praias do Leste, será revitalizada em toda a extensão, de 2,2 quilômetros. O pavimento em lajotas será substituído por pavimento em paver (blocos de concreto intertravados). Ciclovia contínua, passeio acessível e deck de madeira no lado da orla serão implantados, além de canteiros com paisagismo e sinalização viária.

Devido às obras, algumas vagas de estacionamento serão mantidas no lado oposto da orla, ou seja, em frente aos estabelecimentos comerciais e residências, nos locais onde a largura da pista permitir.  “Não tem como mensurar a importância de mais essa conquista para a região e também para toda a cidade. Em questão de meses, uma nova realidade será iniciada por meio dessa obra”, conclui o Secretário de Infraestrutura, Valter José Gallina.

Projeto prevê ciclovia em toda extensão da via. Reprodução/Divulgação/PMF

Presidente da Amola (Associação dos Moradores da Lagoa da Conceição), Eliane Gomes Marcel Butim disse que o lançamento do edital renova a esperança da região em relação à obra. “Para a comunidade, a revitalização é a concretização de um anseio, pois é um assunto muito antigo. A comunidade já não acreditava mais que essa obra poderia sair do papel”, declarou Butim, dando um voto de confiança à gestão do prefeito Gean Loureiro.

Butim destacou também o diálogo com diversos setores do município, quando o projeto foi apresentado e sofreu resistências de moradores e comerciantes, principalmente devido a extinção de vagas de estacionamento. “É um questão de mudança de cultura”, destaca Butim, em relação ao projeto que prevê a substituição das vagas de estacionamento por uma ciclovia, além de passeio acessível e decks.

Projeto está orçado em R$ 5,2 milhões. Reprodução/Divulgação/ND – Foto: WhatsApp Image 2020-02-06 at 19.25.02

Além do edital de revitalização da Avenida das Rendeiras, a prefeitura também lançou o edital de revitalização da Avenida Prefeito Acácio Garibaldi S. Thiago, a via de acesso à Praia da Joaquina. O projeto está orçado em R$ 3,8 milhões.  Os lançamentos dos editais aconteceram durante a inauguração da revitalização da Praça Bento Silvério, a maior do Leste da Ilha, no Centrinho da Lagoa da Conceição.

Obra chegou a ser iniciada em 2015

As obras de revitalização da Avenida das Rendeiras foram anunciadas pela primeira vez pela Prefeitura de Florianópolis em outubro de 2015, na gestão do ex-prefeito Cesar Souza Júnior. Na ocasião, as obras estavam orçadas em R$ 1 milhão e restritas a 440 metros de extensão da avenida. O projeto contemplava obras de drenagem, terraplanagem, estacionamento, ciclovia, sinalização horizontal e urbanização. Um pequeno canteiro de obras chegou a ser montado, mas as obras foram interrompidas para não prejudicar o trânsito com o início da temporada de verão.

A execução do projeto de revitalização da Avenida das Rendeiras chegou a ser anunciada pela Prefeitura de Florianópolis em março de 2019 como integrante de um pacote de obras de infraestrutura que abrangia trabalhos em mais de 60 ruas, avenidas e rodovias, em todas as regiões da cidade, avaliado em R$ 135 milhões. Neste pacote também estava incluída a revitalização da Avenida Madre Benvenuta, recentemente deflagrada pela Prefeitura de Florianópolis.

Mais conteúdo sobre

Infraestrutura