Joinville anuncia isenção de tarifa de água a famílias carentes por dois meses

Atualizado

Como forma de enfrentamento de crises em decorrência do coronavírus, a Prefeitura de Joinville, no Norte do Estado, anunciou na manhã desta quinta-feira (26) um pacote de medidas econômicas. As principais ações são voltadas aos profissionais autônomos e carência até a isenção do pagamento de serviços e impostos.

Medidas tem como objetivo o enfrentamento de crises em decorrência do coronavírus- Foto: Luana Amorim/ND

Entre as principais medidas do pacote e que estão em estudo:

  • Saneamento básico

-Isenção por dois meses do pagamento da tarifa social de água e esgoto das faturas de famílias carentes já cadastradas na Companha Águas de Joinville. A medida vale para as faturas com vencimento nos meses de abril e maio;

-Comerciantes que consumirem até 10 m³ de água nas faturas com vencimento em abril e maio poderão solicitar a prorrogação do vencimento por até 60 dias;

-Suspensão de cortes para faturas em atraso durante o período de quarentena.

  • Habitação

-Pausa até o fim do ano no pagamento do financiamento de programas habitacionais. Os contribuintes poderão quitar esses valores no final do financiamento.

  • Transporte

-Postergação do pagamento de tributos municipais sobre o transporte coletivo por 90 dias;

-Análise da isenção de ISS sobre o transporte coletivo;

-Debate com União e Estado sobre a redução do custo do óleo diesel.

  • Fazenda

-Prorrogar por 90 dias o pagamento do ISS para autônomos.

  • Educação

-Estudo de medidas de apoio e subvenção para creches conveniadas da Secretaria de Educação.

Leia também:

Economia