Em obras, praça Getúlio Vargas, no Centro de Florianópolis, será entregue à população em março

Adotado pela iniciativa privada, espaço passa por revitalização completa para valorizar importância histórica do local e garantir espaço de convivência urbana

Eduardo Valente/ND

Projeto da WOA Empreendimentos Imobiliários vai resgatar chafariz que estava desativado

A histórica Praça Getúlio Vargas, localizada na região central de Florianópolis, está prestes a ser reaberta ao público. Em reforma, a “Praça dos Bombeiros” foi adotada pela iniciativa privada e deve ser entregue no dia 18 de março, data escolhida em comemoração ao aniversário da cidade, dia 23 do mesmo mês.

A WOA Empreendimentos Imobiliários, empresa responsável pelas obras de revitalização e pela consequente manutenção da praça, elaborou o projeto visando evidenciar a importância histórica do local e proporcionar um espaço de convivência mais seguro para a população.

“Fazemos questão de presentear a cidade com as gentilezas urbanas. Com a revitalização da praça, visamos evidenciar a história da cidade e também oferecer aos moradores e turistas um espaço voltado para lazer, cultura e diversão”, disse Walter Silva Koerich, diretor da WOA.

Um dos pontos altos da reforma será o resgate do chafariz, que há anos havia perdido sua utilidade. As cores originais serão retomadas, compondo com os esguichos de água, trazendo harmonia e vida para coração da praça. Outras melhorias também estão sendo realizadas, como a nova pintura e jogos de luzes na fonte central, além da colocação de novos bancos e lixeiras, da manutenção da iluminação e do piso original.

O início das obras no local também incluíram uma limpeza geral para eliminar barreiras visuais e remover espécies de árvores afetadas pelos mais variados tipos de problemas que proporcionavam riscos de queda, limitavam o crescimento de outras e estavam comprometidas com podas profundas. Nenhuma árvore nativa foi suprimida e novas espécies serão plantadas durante os trabalhos.

A adoção de praças pela iniciativa privada tem sido uma marca da prefeitura de Florianópolis, que tem como objetivo passar a manutenção de metade desses espaços a diferentes empresas até o final do ano. “Essa é uma parceria vital, que desonera o poder público em relação à manutenção e faz com que a empresa envolva a comunidade na conservação do espaço. Nossa ideia é ter 50% das praças adotadas até o final do ano, e estamos chegando perto disso”, afirmou o diretor de gestão ambiental da Floram (Fundação Municipal do Meio Ambiente), Antonio Carlos Simas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Notícias

Loading...