Empresário Luciano Hang vira “super-herói”; entenda

Atualizado

O empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, surpreendeu nessa quinta-feira (31) ao se apresentar como o “Capitão Brasil”, um super-herói inspirado no norte-americano Capitão América. Segundo Hang, em uma transmissão nas redes sociais, o objetivo é criticar e lutar contra a burocracia responsável pelo atraso no desenvolvimento da economia no País.

Empresário Luciano Hang virou o Capitão Brasil, no combate à burocracia – Foto: Divulgação/ND

Leia mais:

A crítica de Hang tem um motivo. O atraso na liberação de alvará para iniciar as obras de uma das unidades da sua rede no município de Rio Grande (RS). Ele alega estar no aguardo por 115 dias e ser esta a segunda tentativa pessoal de desenrolar o entrave. “Para ser empreendedor nesse Brasil é preciso ser herói. Se não for herói. Se não tiver coragem de bater nos burocratas eles não têm pressa”, disparou.

E Hang promete instalar uma placa indicando o tempo de atraso para inaugurar seus empreendimentos por causa da burocracia. “Agora vai ser assim, cidade com mais de 90 dias segurando a obra por causa de burocracia vai receber a placa do Atrasômetro e eu, Capitão Brasil, irei inaugurar.”, escreveu.

Mais conteúdo sobre

Geral