Esgoto vaza do terreno vizinho e escorre pelo quintal da casa de uma moradora de Joinville

Secretaria Regional do Nova Brasília vai acionar a Secretaria de Infraestrutura Urbana, mas não dá prazo para uma solução

Luciano Moraes

Angelina se incomoda com o vazamento, que traz sujeira e cheiro ruim

Os últimos dias não têm cheirado bem para uma moradora da rua Jaroslau Clemente Pesch, no Nova Brasília. A caixa de esgoto de seu vizinho dos fundos rompeu e o material escorre todo para seu terreno, a um metro da cozinha de sua casa. Mais insuportável que o fedor e a visão incômoda é a proliferação de insetos. “Nem fale em cheiro, o pior é o mosquito”, diz Angelina Wagner Alves, 45, que espera providências.
Há 20 anos Angelina mora na casa com o marido e um filho. Recentemente, realizou uma cirurgia na coluna e vive praticamente acamada. Com o problema, tem andado tensa, o que agrava as dores. Mas ela quer paz com os vizinhos. “Não quero bater boca com ninguém. Faz uma semana que estou vivendo isso. Só quero solução”, pede a moradora.
Nesta quarta-feia (25), o secretário regional do Nova Brasília, Valério Schiochet, foi avaliar os estragos. Informou que vai acionar a Seinfra (Secretaria de Infraestrutura) para que se estude uma solução. Mas diz que ainda não há previsão de quando isto irá ser feito de fato.

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Notícias