Evo Morales convoca novas eleições na Bolívia após relatório da OEA

O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou neste domingo (10) a convocação de novas eleições na Bolívia e uma mudança total do corpo eleitoral, pouco depois de tomar conhecimento sobre um relatório preliminar da Organização dos Estados Americanos (OEA) que encontrou irregularidades nas eleições.

“Decidi renovar o Supremo Tribunal Eleitoral e convocar novas eleições”, disse Morales em comunicado à imprensa, sem mencionar o relatório da OEA.

Evo Morales anunciou neste domingo novas eleições – Foto: Governo da Rússia/Divulgação/ND

O presidente solicitou a todos os órgãos do governo uma mobilização para pacificar o país. “Todos temos que pacificar a Bolívia”, disse.

A comissão de auditoria da Organização dos Estados Americanos (OEA) recomendou a realização de novas eleições com um novo tribunal eleitoral, depois de encontrar irregularidades nas eleições presidenciais de 20 de outubro.

Leia também

“O processo estava em desacordo com as boas práticas e os padrões de segurança não foram respeitados”, disse a comissão em comunicado divulgado pelo secretário da OEA, Luis Almagro, em sua conta no Twitter.

“Por conta das irregularidades observadas, não é possível garantir a integridade dos dados e dos resultados”.

Fonte: Associated Press

Mais conteúdo sobre

Política