Expectativa e dúvidas na reapresentação do Metropolitano

Pontapé inicial

O Metropolitano começa nesta segunda-feira, dia 06, a sua preparação para a Série D. Na oportunidade teremos a confirmação oficial de quem fica e quem está chegando. Assista a reapresentação e as novidades no Jornal do Meio Dia de hoje.

Receoso

Confesso a vocês que estou preocupado. Como é de conhecimento, perdemos Rafinha, Andrei e Rafael Costa (três titulares) além de Anselmo, literalmente queimado por Abel Ribeiro. Aliás, só mais um exemplo de dinheiro jogado fora. Afinal, o meia-atacante não jogou sequer uma partida. Só atuou alguns minutos contra o Camboriú, no turno. Depois, com a chegada do treinador, chegou até a ser sacado dos coletivos. Humilhante.      

Recomeço

Como já se suspeitava, todos os reforços (apenas quatro nesse primeiro momento) virão do Rio Grande do Sul, Paraná e claro, Santa Catarina, pelo jeito a maioria. Um nome já foi divulgado como oficial.

Reforço

É o volante Leandro Melo, que fez um bom campeonato pelo Guarani de Palhoça. Aos 27 anos, ele chega para substituir Andrei e acrescentar experiência ao setor. Com ritmo e sequência de jogos, foge do trivial, tem liderança e pode ser útil. Quando defendeu o clube, em 2011, não conseguiu se firmar como titular.

Especulações

Nomes como o do lateral direito Paulinho e do meia Max, ambos do Juventus de Jaraguá do Sul, e Uederson, meia atacante do Guarani, são especulados. Um volante e um atacante do Rio Grande do Sul também. Melhor aguardar, todavia, a lista não empolga. Uma lista do tamanho do orçamento do clube.

Prestação de contas

Também estou curioso para a divulgação dos valores envolvendo as negociações de Rafael Costa e Andrei. Tenho uma informação que na transação envolvendo Andrei, o Metropolitano recebeu apenas R$ 100 mil. Considero o valor baixo pois havia possibilidade de crescimento técnico e tático do jovem de 21 anos. Daria para faturar mais caso permanecesse para o brasileiro e seguisse com a boa fase.

Como?

Mas o que me estarreceu mesmo foi a suposta quantia (20%) destinada ao clube na venda de Rafael Costa: R$ 30 mil. Isso mesmo! O maior artilheiro da história do clube teria rendido apenas R$ 30 mil. Uma verdadeira mixaria. Pelas contas, então, Rafael foi vendido por apenas R$ 150 mil.

Preços

Lembro que durante o campeonato, o Metropolitano já havia estipulado os valores caso alguém quisesse levar o jogador: R$ 1 milhão para times do Brasil e R$ 2 milhões para os do exterior. Se for verdade, essa conta não está batendo.   

Oficial

Minha fonte deve ter enlouquecido. Só pode. Melhor esperar pela resposta oficial (tomara que algum colega pergunte sobre isso). Mesmo sabendo que não havia mais nenhuma possibilidade de segurar o artilheiro, o torcedor não vai perdoar tamanha inapetência para os negócios. A não ser que seu substituto tenha a mesma intimidade com as redes, o que parece ser muito difícil. Encontrar e revelar um 9 diferenciado tem sido o grande desafio dos clubes hoje em dia.          

Descanso

Estou saindo de férias aqui no ND Online e na RICTV Record. Volto em 30 dias. Por enquanto, muito obrigado pela participação de todos neste espaço. Até mais!

Loading...