Família de jovem decapitado ainda aguarda localização do corpo

Cabeça de Israel Melo Júnior, 17, foi encontrada em uma sacola no cruzamento da Estrada Timbé com a rua Titan, no bairro Jardim Paraíso

O crime brutal que chocou Joinville na primeira semana de fevereiro continua sem solução. O adolescente Israel Melo Júnior, 17, foi morto e decapitado. A cabeça de Juninho Nézo, como era conhecido, foi encontrada em uma sacola no cruzamento da Estrada Timbé com a rua Titan, no bairro Jardim Paraíso, na terça-feira (2). Uma força tarefa foi criada pelas autoridades de segurança para encontrar o corpo do adolescente. O trabalho se concentrou nas zonas Norte e Sul da cidade e na última sexta-feira (5), a Polícia Civil suspendeu as buscas e concentrou os trabalhos na investigação do homicídio, mas até o momento nenhuma novidade sobre o crime foi divulgada.

Segundo o IML (Instituto Médico Legal) a família aguarda pela localização do corpo de Israel. Nesta segunda-feira (8), os familiares do adolescente estiveram no IML – que ainda não fez a liberação da cabeça de Juninho – e afirmaram que não decidiram se irão realizar o sepultamento antes do aparecimento do corpo do jovem.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...