Família do RS vem até Joinville para tentar encontrar pai que saiu de casa há 20 anos

Atualizado

Uma verdadeira jornada em busca do pai. É o que a família Pereira tem vivido nos últimos dias. Naturais de Erechim, Willian Pereira, a irmã Patrícia, dois sobrinhos pequenos e o cunhado Daniel saíram da cidade gaúcha no último dia 10 e estão percorrendo várias cidades catarinenses.

Luiz Vanderlei Pereira mais jovem, a única imagem que a família tem – Foto: arquivo pessoal, divulgação

Isto porque as últimas notícias que receberam do pai – Luiz Vanderlei Pereira – indicavam que ele estaria em Santa Catarina. A família então passou por Lages, Florianópolis, Ascurra, Camboriú, Itajaí até chegar em Joinville nesta sexta-feira (12).

Em Ascurra, no Alto Vale, Willian conversou com um primo de sua mãe, que teria visto Luiz Vanderlei Pereira ainda em 2017 seguindo para Ituporanga, onde iria trabalhar na safra de cebola.

Por isso, depois de passar por Joinville e não conseguir nenhum indício da passagem do pai, a família seguiu viagem de carro, ainda na sexta-feira, para Ituporanga, no Vale.

Com o dinheiro contato para alimentação, Willian, a irmã, as crianças e o cunhado têm dormido em postos de gasolina e buscado informações do pai junto à polícia, em abrigos para moradores de rua, além de conversarem com moradores dessas cidades.

Willian Pereira saiu dia 10 de Erechim e chegou em Joinville nesta sexta-feira (12) em busca de informações do pai – Foto: divulgação

“A gente queria saber se ele ainda ele está vivo. Meus sobrinhos gostariam de conhecer o avó”, fala Willian.

Em todas as cidades percorridas até agora, nenhum registro de óbito foi encontrado.

Ele conta que o pai saiu de casa há cerca de 20 anos porque tinha problemas com álcool e, por conta disso, não deu certo o relacionamento com sua mãe.

A última vez que a família teve contato com o pai foi em 2005. “Ele esteve em Erechim e conversou com minha mãe. Nessa época, eu já havia saído de casa. A última vez que eu realmente vi meu pai eu tinha 9 anos. Foi quando ele saiu de casa”, recorda Willian.

Hoje, Luiz Vanderlei Pereira está com 51 anos. A família só tem uma foto do pai, bem mais jovem.

Willian disse, ainda, que antes não tinha condições financeiras para ir em busca do pai. “Agora, ao menos temos carro próprio e isso facilita bastante.”

Quem tiver qualquer informação pode entrar em contato com Willian Pereira nos telefones  (54) 98436-1302; (54) 99703-3552; (54) 98448-5620.

Mais conteúdo sobre

Geral