Família encontrada morta dentro de apartamento é velada em Chapecó

Atualizado

A família encontrada morta a tiros dentro de um apartamento no bairro Pinheirinho, em Chapecó, está sendo velada desde a madrugada desta quinta-feira (7). O velório de Michael Ribeiro Lopes de Gois, de 32 anos, Eliane Mayeski de Gois, de 27 anos, e Elisa Mayeski de Gois, de 3 anos, está sendo realizado em uma funerária no Centro do município.

Os três serão sepultados juntos às 16h, no cemitério Jardim das Moradas do Édem, em Chapecó.

Família está sendo velada no Centro de Chapecó, no Oeste de SC – Foto: Rodrigo Gonçalves/RICTV

O crime ocorreu nesta quarta-feira (6). A Polícia Civil informou, no fim da tarde, que uma carta foi encontrada dentro de uma gaveta no quarto do casal, durante uma perícia realizada no apartamento. O conteúdo da carta não foi divulgado.

Leia também

O síndico do condomínio onde a família morava relatou que nunca presenciou discussões entre o casal. “Ele era um cara tranquilo. Nunca o vi alterar a voz com a criança ou com a esposa”, contou Vanderlei Sbaraini.

Eliane, Elisa e Michael – Foto: Arquivo pessoal/Divulgação/ND

O síndico disse, ainda, que ouviu o barulho de três estouros no apartamento acima do dele, por volta das 6h. “Cheguei a comentar com uma vizinha que disse que também ouviu o barulho, mas não demos importância. Jamais imaginaríamos uma situação dessas”, lamentou.

Relembre o caso

Segundo a Polícia Militar, a corporação foi acionada por volta das 11h, quando vizinhos estranharam a presença do carro da família na garagem do apartamento.

A polícia entrou no local e encontrou a mulher, de 28 anos, o homem, de 32 anos, e a criança, de 3 anos, mortos com tiros na cabeça, costas e braço. A polícia suspeita que Michael tenha matado a esposa e a filha e depois tirado a própria vida, pois um revólver de calibre .38 foi encontrado com ele.

Mais conteúdo sobre

Polícia