Felicidade em olhar para a balança

Trocas justas em um fim de semana de escapada da dieta dão resultado

Desde que eu comecei a reeducação alimentar, em outubro, esse foi o primeiro fim de semana que chegou segunda-feira e eu fiquei com aquele medo de subir na balança. Afinal de contas, durante três dias, eu viajei a trabalho e, consequentemente, ficou mais difícil manter a dieta. Ainda mais que a pauta era experimentar vinhos maravilhosos produzidos aqui em Santa Catarina.

Ainda assim, em meio às tentações da Serra e do Meio-Oeste, eu optei pelas trocas: deixava a sobremesa de lado no almoço, no hotel tomava café da manhã saudável e pegava porções menores das comidas mais “gordas” como o churrasco e o entrevero.

Tudo isso para dizer que o resultado dessa quase “fuga” da dieta foi satisfatória. No domingo, quando cheguei em casa, a balança não apontou nenhum grama extra.  Felicidade mais do que comemorada, afinal, eu estava com medo de pisar na balança e ver um ou dois quilos a mais. Mas, por garantia, os treinos dessa semana serão mais pesados. Quero caprichar na corrida e também na musculação. Hoje, para começar, foram dez minutos correndo, intercalando com os outros exercícios.

Loading...