Feriadão de Corpus Christi termina com 11 mortes nas rodovias de Santa Catarina

Atualizado

O movimento no feriado prolongado de Corpus Christi foi intenso e resultou em 11 mortes nas estradas de Santa Catarina. O levantamento feito pelo ND considera os acidentes registrados pelas polícias rodoviárias a partir de quarta-feira – quando iniciou a operação nas rodovias do Estado – até o fim da noite deste domingo (23).

Um homem de 49 anos morreu na manhã desta sexta-feira após perder o controle do caminhão e sair da pista – PRF/Divulgação

Considerando apenas os acidentes que ocorreram em rodovias federais, o aumento de mortes no período foi de 133% se comparado ao ano passado. De acordo com dados da Polícia Rodoviária Federal, três pessoas perderam a vida em acidentes que ocorreram no feriado de 2018. Neste ano, sete mortes foram contabilizadas.

Entre as vítimas estão dois pedestres e um ciclista. Os acidentes foram registrados em rodovias federais e estaduais nas regiões do Vale do Itajaí, Oeste, Sul e na Serra Catarinense. Confira o detalhamento das ocorrências:

Quarta-feira (19)

O primeiro acidente ocorreu no fim da tarde de quarta-feira (19), na altura do km 252 da BR-282, em São José do Cerrito, na Serra. Segundo a PRF, houve uma batida frontal seguida de colisão traseira. Uma mulher de 69 que conduzia um Fiat Siena, com placas de Lages, morreu no local.

Pouco tempo depois, na SC-390, próximo ao km 54, no município de Piratuba, no Oeste, um idoso de 69 anos morreu atropelado. O pedestre foi atingido por um Fiat Strada, com placas de Capinzal.

No fim da noite de quarta-feira, mais um acidente resultou em morte. Foi por volta 22h20, quando outro pedestre foi atropelado, desta vez, na BR-101. O acidente ocorreu no km 131, em Balneário Camboriú, no Vale do Itajaí. O acidente envolveu um Ford Cargo, com placas de Sangão, e uma motocicleta Yamaha XT250 Lander, com placas de Indaial.

Quinta-feira (20)

O único acidente com vítima fatal que ocorreu no dia do feriado foi em Nova Itaberaba, no Oeste do Estado. Um jovem de 22 anos que conduzia um veículo Polo com placas de Chapecó morreu ao bater de frente com um caminhão. O acidente ocorreu no início da noite, por volta de 19h30, no km 554 da BR-282. O motorista do caminhão, 56 anos, não se feriu.

Sexta-feira (21)

Sexta-feira foi o dia mais trágico do fim de feriado. O primeiro acidente ocorreu ainda na madrugada, por volta das 2h50, no km 274 da BR-101, em Imbituba, no Sul do Estado. Um motorista de 47 anos morreu em uma colisão traseira. A vítima conduzia um veículo Corsa, com placas de Imbituba. O outro envolvido, um homem de 40 anos, que dirigia uma BMW, com placas de Florianópolis, ficou gravemente ferido.

Nas primeiras horas da manhã, perdo de 8h, outro acidente vitimou um caminhoneiro de 48 anos, em Ponte Alta, na Serra. O condutor perdeu o controle do veículo de carga e saiu da pista na altura do km 211 da BR-470.  Ele não resistiu e morreu no local.

Quase duas horas depois, às 9h50, mais um acidente com vítima fatal, desta vez em uma rodovia estadual. Próximo ao km 192 da SC-477, no município de Timbó, no Vale do Itajaí, um motociclista de 24 anos também saiu da pista. O piloto chocou-se com uma cerca e não resistiu aos ferimentos.

No final da tarde, às 18h10, a Polícia Militar Rodoviária registrou mais um acidente com morte no km 147 da SC-480, em Chapecó, no Oeste do Estado. Um caminhão bateu de frente com uma motocicleta – ambos os veículos tinham placas de Chapecó. O piloto da moto, de 21 anos, morreu na hora. Já o caminhoneiro, de 57, não teve ferimentos graves.

No fim da noite, por volta de 23h15, um ciclista de 25 anos morreu ao ser atingido por um carro na altura do km 73 da SC-108 em Blumenau, no Vale do Itajaí. O motorista, de 19, que conduzia um Chevette de Schroeder, não se feriu.

Sábado (22)

Um motociclista de 23 anos morreu após tombar da moto na BR-282, em Faxinal dos Guedes, no Oeste. O acidente ocorreu por volta das 17h deste sábado (22) no km 490,7 da rodovia. A motocicleta tinha placas de Concórdia/SC. A ocorrência foi atendida pela Polícia Rodoviária Federal de Xanxerê.

Domingo (23)

A passageira de um Gol, com placas de Pato Branco (PR), morreu em uma colisão traseira na BR-101, em Penha. A mulher tinha 58 anos e morreu no local. O acidente ocorreu por volta das 20h35, no km 107,1 da rodovia, e também envolveu um Zafira de Curitiba (PR).

Trânsito