Fim de semana é marcado por violência e quatro mortes em SC

Atualizado

O fim de semana foi marcado por violência nas regiões Norte, Sul e Oeste de Santa Catarina. Quatro pessoas foram vítimas de homicídios, duas em Joinville, uma em Araranguá e outra em Xanxerê. Uma mulher de 55 anos foi vítima de uma tentativa de feminicídio, em Chapecó.

Na manhã de sábado (28) um homem de 22 anos foi assassinado durante um banho de sol no presídio de Joinville. Os suspeitos do crime utilizaram um estoque, arma artesanal feita com pedaço de ferro e uma ponta, tornando a arma semelhante a um punhal.

Presídio Regional de Joinville – Arquivo/ND

A principal suspeita é de que o crime tenha sido motivado por desavenças internas da facção criminosa.

Também no sábado, um homem de 61 anos foi preso por tentar incendiar uma casa com a mulher e a filha dentro, em Chapecó, na região Oeste.

De acordo com a PM, a vítima, uma mulher de 55 anos e esposa deste homem, teria relatado que pediu ao marido para ele lavar as mãos como forma de prevenção ao coronavírus. Então, o homem teria proferido palavras de baixo calão a mulher e seguido com um galão de líquidos inflamáveis e uma faca na cintura.

O autor do crime foi detido por um policial militar de folga que estava nas redondezas e impediu a ação. Junto com a filha do casal, o policial apagou as chamas e impediram que algo pior acontecesse na casa. O autor do crime foi detido pela PM.

Madrugada de domingo

Durante a madrugada deste domingo (29), uma mulher de 27 anos foi morta com um tiro no pescoço na cidade de Araranguá, no Sul do Estado. O crime ocorreu por volta das 0h30, no bairro Coloninha.

A vítima, identificada como Daiane de Assunção Gonçalves, estava em uma bicicleta quando um homem teria disparado contra ela. O tiro acertou a região do pescoço da mulher que não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O suspeito fugiu.

Morte a facadas, em Joinville

Na manhã deste domingo, uma jovem de 23 anos foi morta a facadas em Joinville. O suspeito é o marido da vítima que, após o crime, foi encaminhado ao hospital. Ela foi identificada como Taináh Carneiro de Castro.

Jovem de 23 anos não resistiu aos ferimentos e morreu no local – Foto: Polícia Civil/Divulgação

O caso ocorreu por volta das 6h, no bairro Petropólis, zona Sul da cidade. Segundo a Polícia Militar, a vítima estava em casa quando foi esfaqueada pelo marido. Ela sofreu perfurações no tórax e pescoço, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Depois do crime, o suspeito teria tentado cometer suicídio.

Encapuzado atirou e fugiu, no Oeste

Um homem de 44 anos morreu após ser baleado, no bairro Belo Vista, em Xanxerê, no Oeste do Estado. De acordo com a PM (Polícia Militar), o crime ocorreu no início da manhã deste domingo, por volta das 7h35.

Segundo testemunhas, o autor do crime estaria encapuzado e teria fugido do local após os disparos. A vítima chegou a ser levada ao Hospital São Paulo, pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu. As guarnições da PM fizeram buscas pelo local, mas não localizaram o autor do homicídio.

Polícia