Florianópolis tem domingo de sol, praia e nevoeiro em prenúncio de chuva

Movimento para as praias foi intenso, mas nevoeiro interrompeu os planos de quem pretendia curtir as altas temperaturas

Vitaminado pelos feriados do Dia da Criança (12) e do Dia do Professor (15), o domingo registrou movimento acima da média nas praias de Florianópolis.

Com temperaturas que superaram os 30ºC, o domingo começou ensolarado, mas terminou ofuscado por um nevoeiro que antecipou a entrada de uma frente fria que deve provocar chuvas nos próximos dias.

Rafael e Raquel Souza curtiram a praia apenas do clima fresquinho à tarde. Foto: Anderson Coelho/ND

O ponteiro do relógio já passava das 10h e os estacionamentos das praias do Leste da Ilha, como Mole, Joaquina e Barra da Lagoa já estavam lotados. A rodovia SC-401, caminho para as praias do Norte da Ilha, também registrou bom movimento pela manhã.

Quem optou por visitar as praias do Leste e do Sul da Ilha teve a companhia do sol e do forte vento nordeste por mais tempo. No Norte da Ilha, os banhistas de praias como Jurêre, Canasvieiras e Ingleses teve que se contentar com um forte nevoeiro, que também derrubou a temperatura a partir do meio da tarde.

O curitibano Rafael Souza não se importou com o clima fresco em decorrência do nevoeiro e curtiu a beira da praia em Jurerê ao lado da mulher Raquel Souza e o filho Leonardo, de nove meses. “Ontem estava mais quente, mas assim, está bom. Melhor para o piá”, disse Rafael, que temia o sol forte para o filho pequeno.

Nevoeiro tomou conta da orla de Jurerê, no Norte da Ilha. – Foto: Anderson Coelho/ND

O gerente de logística Denner Angelo também pretendia aproveitar a beira da praia até o final da tarde. “Aqui é muito bonito,o ambiente é agradável, a praia é limpinha. Poderia ter aquele sol, mas isso não impede que a gente possa aproveitar”, declarou o mineiro, que estava acompanhado das amigas Talita Oliveira e Carol Souza.

Nevoeiro visto do Morro da Cruz neste domingo – Foto: Anderson Coelho/ND

O nevoeiro se intensificou a partir do meio da tarde, e muita gente foi embora antes do programado.  Moradores de Florianópolis há um ano, os amigos João Carlos Amoras e Regiane Costa escolheram Jurerê para passar à tarde de domingo, mas tiveram que interromper o plano diante do vento que derrubou a temperatura para 25º centígrados. “Vamos embora porque já está esfriando”, disse Regiane, enquanto acompanhava a brincadeira dos filhos Yago e Igor Costa na areia.

Denner Angelo e as amigas Talita Oliveira e Carol Cruz aproveitaram a beira da praia no domingo. – Foto: Anderson Coelho/ND

Apesar do movimentos, os ambulantes se queixaram de um volume maior de vendas.”Foi bem devagar, mas deu para trabalhar um pouquinho”, informou Diego Pimentel, que comercializa o drink “Moscow Rule” na beira da praia de Jurerê há três temporadas. Outra ambulante que não quis se identificar, explicou o descontentamento: “Estamos esperando os argentinos chegarem, porque os turistas brasileiros compram pouco, trazem tudo de casa”.

Previsão da semana é de chuva

Depois de mais de quatro meses de estiagem e temperaturas que superaram os 30 graus nos últimos dias, a chuva deve chegar para valer nesta semana em Santa Catarina. De acordo com o meteorologista Clóvis Correa, do Epagri/Ciram, as chuvas devem ser provocadas pelo deslocamento de uma frente fria associada a chegada de um sistema de alta pressão.

Nesta segunda-feira, o vento Sul começa a soprar mais forte e o tempo será instável com pancadas de chuva e trovoadas em todas as regiões, devido ao deslocamento de uma frente fria. Há risco de temporais localizados com ventos fortes e granizo. A instabilidade permanece ao longo de terça, quarta e quinta-feira, devido a um cavado, que mantém o tempo úmido, com  pancadas de chuva com trovoadas a qualquer hora do dia.

Segundo Corrêa, a chuva deve ficar melhor distribuída em Santa Catarina a partir da próxima semana (18 a 27 de outubro), quando outra frente fria deve passar pelo Estado nos dias 21 e 22. Depois disso, o tempo volta a ficar mais firme. A temperatura diminui um pouco nos dias de tempo instável, mas sobe rapidamente com períodos prolongados mais aquecidos.

+

Notícias