Florianópolis terá gestão dos semáforos em tempo real com 35 controladores em até 60 dias

Semáforos intermitentes, sem sincronização ou com luzes apagadas se transformaram durante este ano em um dos principais problemas do caótico trânsito de Florianópolis. Desde o final de junho, quando a Prefeitura da Capital decidiu não renovar o contrato com uma empresa do Paraná para a manutenção dos 840 semáforos em 137 cruzamentos, a situação vem piorando. Agora, com a assinatura do contrato entre a Brascontrol Indústria e Comércio e a prefeitura, realizada nesta quarta-feira (6), os motoristas podem começar a ter expectativa de que os semáforos voltarão a ser um dos menores problemas do trânsito na Capital.

A empresa de Barueri (SP) agora tem prazo 60 dias para instalar os 35 controladores nos cruzamentos de maior fluxo, o que vai garantir mais vazão no sentido com maior tráfego. Durante a apresentação do sistema, diretores da empresa garantiram empenho para que esse tempo de instalação seja menor do que o prazo estabelecido em edital. A Brascontrol fornecerá tecnologia e equipamentos para os semáforos da Capital.

O monitoramento em tempo real de todos os semáforos da cidade será feito por meio do aplicativo Maestro. Essa tecnologia deve ser implatada até janeiro de 2018. Dessa forma será possível identificar automaticamente qualquer problema que ocorra e solucioná-lo com mais rapidez. A Engie vai fornecer a tecnologia gratuitamente para a prefeitura.

O estudo para criar essa tecnologia de gestão de semáforos, considerada uma das mais modernas do mundo, foi elaborado pela UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina). “A partir da instalação desse sistema adaptativo a sincronia será feita em tempo real, definindo assim o tempo de abertura e fechamento das sinaleiras”, disse o prefeito Gean Loureiro (PMDB).

O aplicativo Maestro permitirá que os técnicos da Diretoria de Operação de Trânsito saibam dos problemas que ocorrem nos equipamentos das sinaleiras. Quando surgir algum problema, os técnicos saberão em tempo real e a manutenção será feita com maior eficiência.

A empresa de Barueri (SP) agora tem prazo 60 dias para instalar os 35 controladores nos cruzamentos de maior fluxo, o que vai garantir mais vazão no sentido com maior tráfego - Daniel Queiroz/ ND
A empresa de Barueri (SP) tem prazo 60 dias para instalar os 35 controladores nos cruzamentos de maior fluxo em Florianópolis – Daniel Queiroz/ ND

Implantação dos equipamentos

Os novos equipamentos vão ser instalados ocorrer durante o período em que 80% do fluxo de veículos se concentra nas praias e possibilitar que a instalação seja feita nos principais cruzamentos da cidade, principalmente no Centro. “Importante também que agora a tecnologia e os equipamentos foram adquiridos e a prefeitura terá a gestão completa do sistema”, afirmou o secretário de Meio Ambiente, Planejamento e Desenvolvimento Urbano, Nelson Gomes Mattos Júnior.

Para evitar possíveis irregularidades na gestão do contrato de manutenção dos semáforos, como aconteceu em outras ocasiões na Capital, a prefeitura enviou a minuta do edital de licitação, preparada pela Diretoria de Operações de Trânsito, para a apreciação do MP-SC (Ministério Público de Santa Catarina), Tribunal de Contas do Estado, Observatório Social e OAB-SC (Ordem dos Advogados do Brasil). Os órgãos fizeram a análise técnica do texto. O edital vencido pela Brascontrol só foi lançado depois do parecer dos órgãos.

Mais conteúdo sobre

Cidade