Foragido por tráfico de drogas em Palhoça é preso por polícia paraguaia

Atualizado

Nesta quinta-feira (12), a DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Palhoça transportou um homem preso pela polícia paraguaia em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. O homem é acusado por tráfico de drogas e estava com mandado de prisão aberto pela Justiça de Santa Catarina.

Policias civis da DIC de Palhoça transportaram homem para o presídio da Capital – Foto: Polícia Civil/Divulgação/ND

Conforme a Polícia Civil, o suspeito estava foragido há aproximadamente dois anos. O seu mandado de prisão preventiva foi expedido pelo judiciário de Palhoça após a conclusão da investigação, que apontou a sua relação com o crime de tráfico de drogas.

A Polícia Civil não informou a identidade e as circunstâncias dos crimes cometidos pelo suspeito. Ele já está preso no presídio da Capital.

Leia também:

No período em que esteve foragido o suspeito foi preso no Paraguai. Fora das grades, a polícia paraguaia localizou o suspeito em meio as investigações que apuraram as circunstâncias da fuga de 75 homens  do presídio de Pedro Juan Caballero, no país vizinho, no final de janeiro deste ano.

O grupo realizou fuga por um túnel de 25 metros de comprimento. Há suspeitas de participação de uma organização criminosa radicada no Brasil da qual o suspeito fazia parte. A Polícia Civil não informou se ele estava na lista de foragidos ou se auxiliou na fuga.

O suspeito foi localizado em uma residência em Bella Vista Norte. A cidade paraguaia fica na fronteira paraguaia com o Estado de Mato Grosso do Sul. Após prenderem o suspeito, a polícia paraguaia notificou a polícia catarinense.

Batizada de “Sierra Fox”, a operação que fez o traslado do suspeito durou mais de 60 horas e percorreu a distância relativa a cerca de 2,5 mil quilômetros. A ação contou com o apoio de policiais federais do Mato Grosso do Sul.

Mais conteúdo sobre

Política