Foragido tenta se passar por pastor para não ser preso em Balneário Camboriú

Na tentativa de enganar os policiais no momento em que foi dada voz de prisão, um homem foragido da justiça se apresentou como pastor evangélico e disse que estava pregando numa igreja no bairro dos Municípios, em Balneário Camboriú. Com vasta ficha criminal e condenado há mais de seis anos de reclusão, ele não conseguiu ludibriar os agentes da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da cidade.

O falso pastor, de 52 anos, foi detido numa residência na rua Canelinha. Ele é acusado de praticar golpes de estelionato em Governador Celso Ramos, Itapema, Camboriú e Balneário Camboriú. Entre eles, o “golpe do chute”, que consiste em oferecer mercadoria com valor abaixo do mercado. Após os procedimentos legais, foi encaminhado ao Presídio de Canhanduba.

Estado

Nenhum conteúdo encontrado